Carta convite: Diálogos pela Democracia

Ofício SN/2023  

Senhor (a) parlamentar  

Assunto: Convite para participar do ato político Diálogos pela Democracia:  

Fortalecendo a luta pelos Direitos Humanos no Congresso Nacional.  

O Diálogos pela Democracia, Fortalecendo a luta pelos Direitos Humanos no Congresso  Nacional, é uma ação política de incidência dos movimentos sociais e organizações com os  (as) congressistas no início da nova legislatura. Trata-se do esforço de um conjunto de  organizações do campo progressista, para a abertura de um diálogo permanente com o  parlamento sobre a agenda emergente para as populações mais vulnerabilizadas da  sociedade brasileira.  

Esta ação, conflui para o fortalecimento da participação cidadã no parlamento, fortalecendo  também a ação dos movimentos no monitoramento dos temas importantes para  população; a participação popular e a democracia, aprimorando os espaços de discussão,  formulação e deliberação do Congresso Nacional.  

Este modelo de evento é uma prática consolidada da sociedade civil organizada e  movimentos sociais junto ao parlamento brasileiro para a recepção e acolhimento dos  eleitos e reafirmação do apoio aos compromissos assumidos pelos que se reelegeram e já  aconteceu em outros períodos, onde foi realizado um momento de acolhida para os novos  (as) parlamentares, bem como a reafirmação de compromissos com os que se reelegeram.  

Os Diálogos pela Democracia pretendem estreitar as relações entre sociedade civil e  movimentos sociais com parlamentares representantes de setores sociais; e de forma  coletiva nas frentes Parlamentares; comissões, grupos de trabalho entre outros espaços  de participação política.  

O parlamento brasileiro, ao logo do tempo constituiu-se como espaço de debates  fortalecendo a participação popular na criação e consolidação do processo legislativo. O  ápice deste processo foram os debates de incidência no período pré-constituinte.  

É de fundamental importância a contribuição que a sociedade civil pode oferecer, por meio  dos setores organizados, das universidades, do sindicalismo, no fortalecimento do  parlamento neste momento em que as ameaças a democracia brasileira não cessam. 

Repudiamos a desordem, o autoritarismo, a violência dos que querem destruir a  democracia. Temos a certeza de que a ação proposta também fortalecerá o parlamento  neste momento de tantos ataques.  

Queremos formar parceria, avançar na pauta de defesa dos Direitos Humanos com  participação popular para consolidar a democracia.  

Nossa agenda no Congresso Nacional está prevista da seguinte forma:  

27 de Fevereiro: 

14H00: CDHM E LP, Senado.  

28 de Fevereiro: 

Manhã e Tarde: Circulação no Congresso- Diálogos com bancadas, lideranças e Frentes  Parlamentares.  

01 de Março: 

9HO0/11H00: Café da Manhã, Salão Nobre.  

14H00: Parlatório no Hall da Taquigrafia. Momento de fala dos diversos Movimentos e  parlamentares aliados.  

02 de Março: 

10H00/12H00: Parlatório no Hall da Taquigrafia. Momento de fala dos diversos Movimentos  e parlamentares aliados.  

13H30: Sessão Especial na CDHM Câmara.  

Contatos e confirmações:  

Gabriela Nepomuceno – INESC e Isabel Freitas ou Jolúsia Batista – CFEMEA. 

Atenciosamente,

+ sobre o tema

Luiza Trajano cria movimento para vacinar todos os brasileiros até setembro

Um grupo de empresários liderados por Luiza Trajano, do Magazine...

Abdias concorre ao Premio Nobel da Paz 2010

Por: PLÍNIO FRAGA Pouco ousado, Lula não foi até o...

Movimentos sociais comemoram decisão da Câmara sobre os royalties

Projeto de lei destina 75% dos recursos para a...

Daniel Munduruku: “Índio é invenção total, folclore puro”

Tatiana Mendonça Volta e meia, o paraense Daniel Monteiro Costa,...

para lembrar

Bolsonaro é o termômetro da regressão que ameaça a democracia brasileira Flavio Moura

Flavio Moura “Toda grande democracia tem sua cota de odiosos...

O Que É a Democracia?

Democracia vem da palavra grega “demos” que significa povo....

Democracia e a virada algorítmica

Questões, desafios e o caminho a seguir Por Anita Gurumurthy e...

Gabriel Sampaio: “Democracias fortes controlam suas forças policiais”

A repercussão internacional dos protestos nos Estados Unidos contra...

Os desafios para efetivar gestão democrática em conferência de educação no Brasil

A Conferência Nacional de Educação (Conae), que acontece de 28 a 30 de janeiro em Brasília, tem uma missão nada simples: formular as diretrizes,...

Mais um ataque à democracia

Semana passada tirei da estante e reli trechos do livro "Como as Democracias Morrem", de Steven Levitsky e Daniel Ziblatt. Tentava entender melhor o...

Pilar da democracia, Constituição Federal completa 35 anos

“Declaro promulgado o documento da liberdade, da dignidade, da democracia, da justiça social do Brasil”. Essas foram as palavras ditas pelo presidente da Assembleia Nacional...
-+=