Casa Sueli Carneiro é espaço de celebração, formação e memória

Enviado por / FontePor Bianca Santana, no ECOA

Imagine Sueli Carneiro e Cidinha da Silva conversando na sala de uma casa, e então chega Luiza Bairros. No quintal, Arnaldo Xavier finaliza um poema. Enquanto na cozinha, Jurema Werneck, Lucia Xavier e Nilza Iraci preparam a feijoada. A casa onde Sueli Carneiro viveu por 40 anos foi abrigo para partilhas de intelectuais e ativistas do movimento negro e do movimento de mulheres negras por décadas. Reuniões e celebrações importantes aconteceram no sobrado geminado do Butantã, próximo à Cidade Universitária, que recebeu até um terreiro de candomblé. Ativistas e intelectuais de todo o país, que precisavam de abrigo, passaram temporadas no espaço onde Sueli Carneiro escreveu sua obra.

Abrir as portas para abrigar institucionalmente variadas expressões de ativismo e intelectualidade negra é o objetivo da Casa Sueli Carneiro. Assim como organizar, digitalizar e tornar acessíveis documentos, fotografias, recortes de jornal e atas de reuniões para pesquisadoras e pessoas interessadas na nossa história. Movimentando o legado de Sueli Carneiro, que vai de performances e peças de teatro a teses de doutorado e novos livros. Oferecendo atividades formativas variadas a partir de epistemologias negras.

Nestes dias difíceis de Brasil, estamos trabalhando para abrir as portas e mostrar o que temos de mais bonito: conexão com nossa ancestralidade e memória; repertório de luta do movimento negro e do movimento de mulheres negras.

Nós, falando por nós, para toda a sociedade. Pavimentando caminhos para futuros de liberdade, solidariedade e justiça.

Que honra compor, com Luanda Carneiro Jacoel, Ana Letícia Silva e Natália Sena Carneiro, a equipe da Casa Sueli Carneiro.

 

Fonte:  Por Bianca Santana, no ECOA

+ sobre o tema

A carta da Princesa por Sueli Carneiro

A televisão, em 30 de abril, divulgou o conteúdo...

Fora do Lugar, por Sueli Carneiro

A revista Tudo realizou um teste comparativo sobre o...

Nós e o papa

O papa João Paulo II surpreendeu as mulheres que...

Rompendo com a conspiração do silêncio

Importante mesmo é a clareza do invólucro. É um...

para lembrar

Consciência negra e a urgência por terra

Com três crianças em um apartamento, o isolamento social...

Espelho das iabás

  Um dia, agora ela já sabia qual seria a...

Com quase 2 mil mortes em 24h, perseguir jornalista é prioridade do governo

Mais de 257 mil pessoas abandonadas à morte por...
spot_imgspot_img

COP28 – Movimento Negro e perspectiva para o futuro climático

Nos dias 6 e 7 de novembro de 2023, seguido de um treinamento in loco em Dubai no dia 4 de dezembro, as organizações...

Documento final da CSW leva parecer de organizações negras do Brasil

Em parceria estabelecida entre Geledés - Instituto da Mulher Negra e as organizações-não-governamentais Casa Sueli Carneiro e Criola, foi-se possível alcançar um importante resultado...

Bianca Santana: ‘Mulher negra no STF não é só representatividade, é mudar a Justiça no Brasil’

A ministra Rosa Weber se aposentou de suas funções no Supremo Tribunal Federal (STF) na última semana, passando a presidência da Corte para o...
-+=