Celso de Mello pede explicações à Câmara sobre terceirização

Pedido do STF ocorre em resposta ao mandado de segurança ingressado na sexta-feira (24) pelo senador Randolfe Rodrigues (Rede/AP), que classificou o projeto de lei como ilegítimo e ilegal

Do Revista Fórum

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Celso de Mello pediu que a Câmara dos Deputados se manifeste sobre o projeto de lei que regulamenta a terceirização (PL 4302/1998), aprovado na última semana pela Câmara dos Deputados.

A ação ocorreu em resposta ao mandado de segurança com o qual o senador Randolfe Rodriges (Rede-AP) ingressou na sexta-feira (24). O parlamentar questionou a constitucionalidade da votação da proposta, apresentada em 1998 pelo então presidente da República Fernando Henrique Cardoso. O Executivo pediu a retirada do projeto em 2003. Assim, a proposta aprovada seria ilegítima e ilegal.

Na noite desta terça-feira (28), a deputada federal Maria do Rosário publicou em seu perfil no Facebook um vídeo em que aparece ao lado dos senadores Randolfe e Paulo Paim (PT-RS), comemorando a decisão. “Existe esperança que o mandado de segurança seja acatado e seja deferida a liminar. Se for deferida, o projeto aprovado na semana passada na Câmara vai ser arquivado e suspensa a tramitação”, afirmou Randolfe.

No entanto, a proposta já seguiu para sanção ou veto de Michel Temer. O fato de Celso de Mello ter pedido informações à Câmara não impede, em tese, que o atual presidente tome sua decisão.

+ sobre o tema

Pobre Palmares!

  por Arísia Barros União,a terra de Zumbi, faz parcas e...

Olimpíadas de Tóquio devem ser novo marca na luta por igualdade

Os Jogos Olímpicos da Cidade do México, em 1968,...

Lei 13.019: um novo capítulo na história da democracia brasileira

Nota pública da Associação Brasileira de Organizações Não Governamentais...

Gostoso como um abraço? – Por Maria Rita Casagrande

Por Maria Rita Casagrande para as Blogueiras Negras Feche...

para lembrar

Número de mulheres eleitas prefeitas no 1º turno aumenta 31,5% no país

Candidatas alcançaram posto em 663 cidades, mas apenas uma...

Em prédio novo, escola de SP não possui itens básicos para estudar.

Prédio novo também continha sobras de material de construção...

Família Obama participa de concerto beneficente de Natal

A família Obama participou no domingo, 15, do concerto...

Mano Brown e Iceblue gravam com Fernando Haddad

por Walber Silva O candidato a prefeitura de São...

Fim da saída temporária apenas favorece facções

Relatado por Flávio Bolsonaro (PL-RJ), o Senado Federal aprovou projeto de lei que põe fim à saída temporária de presos em datas comemorativas. O líder do governo na Casa, Jaques Wagner (PT-BA),...

Morre o político Luiz Alberto, sem ver o PT priorizar o combate ao racismo

Morreu na manhã desta quarta (13) o ex-deputado federal Luiz Alberto (PT-BA), 70. Ele teve um infarto. Passou mal na madrugada e chegou a ser...

Equidade só na rampa

Quando o secretário-executivo do Ministério da Justiça e Segurança Pública, Ricardo Cappelli, perguntou "quem indica o procurador-geral da República? (...) O povo, através do seu...
-+=