Central do Brasil recebe campanha de combate ao assédio sexual no transporte público nesta sexta

Público receberá orientações sobre como agir e vítimas serão encorajadas a denunciar abusos. Secretaria de Direitos Humanos recebeu 114 denúncias de mulheres vítimas de violência este ano.

Do G1 

A Secretaria de Estado de Direitos Humanos e Políticas para Mulheres e Idosos (SEDHMI) lança nesta sexta-feira (20) a campanha “O transporte é público, meu corpo não”, às 8h, na Central do Brasil. Equipes da SEDMHI, policiais femininas e agentes da SuperVia estarão no local distribuindo material informativo sobre como agir em situações de assédio sexual, encorajando as vítimas a denunciarem os abusos.

Em agosto deste ano, o governador Luiz Fernando Pezão regulamentou a lei que prevê a cobrança de multa de até R$ 1.152 para homens que embarcarem nos vagões femininos, nos horários de 6h às 9h e de 17h às 20h.

De janeiro a outubro, o Disque Mulher da SEDHMI (2332-8249) recebeu 114 denúncias de mulheres vítimas de violência. Além do canal de denúncias, a secretaria possui três Centros de Atendimento à Mulher (Ciam), , que oferecem acompanhamento psicológico, social, jurídico, orientação e informação a vítimas de violência.

+ sobre o tema

Miss brasileira transexual eleita a mais bonita do mundo vai trocar de sexo

Um dos prêmios de Marcela Ohio, que venceu o...

“Mesmo com vice negra, somos oprimidas”, diz escritora colombiana

A escritora e jornalista colombiana Edna Liliana Valencia, de...

O problema de pedir para as mulheres dizerem ‘eu também’

Os homens é que deveriam ser pressionados a acabar...

para lembrar

Mulher relata caso de homofobia dentro do CCBB: ‘Fora lésbica’

Visitante era namorado de funcionária do espaço e casal...

17ª Parada de Orgulho LGBT do Rio: ‘Coração não tem preconceitos. Tem amor’

O sol forte voltou a aparecer neste domingo, e...

Médico do Rio de Janeiro é acusado de agredir mulheres durante o parto

Um médico da rede pública municipal do Rio de...

Lei contra homofobia é repudiada por bancada evangélica da CLDF

Frente divulgou nota criticando decisão do governador Rollemberg de...
spot_imgspot_img

Casa Sueli Carneiro abre as portas ao público e apresenta o III Festival Casa Sueli Carneiro, pela primeira vez em formato presencial

RETIRE SEU INGRESSO A Casa Sueli Carneiro, fundada em dezembro de 2020 e atuando em formato on-line desde abril de 2021, é uma entidade criada...

Aborto legal: falhas na rede de apoio penalizam meninas e mulheres

As desigualdades sociais no Brasil podem explicar a razão para que meninas e mulheres busquem apoio para o aborto legal também após 22 semanas...

Referência do feminismo negro, Patricia Hill Collins vem ao Brasil para conferência, curso e lançamento de livro

Referência do feminismo negro, a socióloga estadunidense Patricia Hill Collins participa, nesta quarta-feira (19), de um evento em Salvador, na Universidade do Estado da Bahia (Uneb)....
-+=