Guest Post »

Central do Brasil recebe campanha de combate ao assédio sexual no transporte público nesta sexta

Público receberá orientações sobre como agir e vítimas serão encorajadas a denunciar abusos. Secretaria de Direitos Humanos recebeu 114 denúncias de mulheres vítimas de violência este ano.

Do G1 

A Secretaria de Estado de Direitos Humanos e Políticas para Mulheres e Idosos (SEDHMI) lança nesta sexta-feira (20) a campanha “O transporte é público, meu corpo não”, às 8h, na Central do Brasil. Equipes da SEDMHI, policiais femininas e agentes da SuperVia estarão no local distribuindo material informativo sobre como agir em situações de assédio sexual, encorajando as vítimas a denunciarem os abusos.

Em agosto deste ano, o governador Luiz Fernando Pezão regulamentou a lei que prevê a cobrança de multa de até R$ 1.152 para homens que embarcarem nos vagões femininos, nos horários de 6h às 9h e de 17h às 20h.

De janeiro a outubro, o Disque Mulher da SEDHMI (2332-8249) recebeu 114 denúncias de mulheres vítimas de violência. Além do canal de denúncias, a secretaria possui três Centros de Atendimento à Mulher (Ciam), , que oferecem acompanhamento psicológico, social, jurídico, orientação e informação a vítimas de violência.

Related posts