Cliente de 70 anos é preso em flagrante por racismo em agência bancária do Rio

A cena foi presenciada pelos clientes do Banco do Brasil do Catete, na última semana. Irritado com a demora no atendimento (havia uma pessoa à sua frente, na fila dos prioritários), um homem de cerca de 70 anos dirigiu-se à única caixa mulher — e negra — e, aos berros, disse que ela não deveria estar ali, e sim “varrendo o chão da rua”.

por Cleo Guimarães no G1

A atendente manteve a calma, levantou-se e chamou a polícia. O cliente foi levado para a delegacia e, com o depoimento de mais uma testemunha, acabou preso em flagrante. “Foi uma agressão gratuita, preconceituosa e covarde”, diz uma cliente do banco que presenciou tudo.

Foto: Adriano Machado

+ sobre o tema

A saída contra a extrema direita é negra

A campanha fria e sonolenta de Joe Biden fez...

Milton Nascimento repudia racismo contra candidata do ‘The Voice Kids’

Franciele Fernanda, que se classificou cantando 'Maria, Maria', foi...

Dirigente é denunciado à polícia por ofensas racistas no hóquei sueco

Diretor do Lulea teria chamado jogador adversário de 'negro...

para lembrar

Fim da saída temporária apenas favorece facções

Relatado por Flávio Bolsonaro (PL-RJ), o Senado Federal aprovou projeto de lei que põe...

Racismo: 186 jornalistas da Folha assinam carta aberta contra publicação de texto de Risério; veja nomes

A direção da Folha de S.Paulo recebeu nesta quarta-feira (19), uma...

As cotas avançam no cinema nacional

A política de cotas adotada pelo Ministério da Cultura...
spot_imgspot_img

Portões da universidade

"Nós queremos é que uma filha de uma empregada doméstica possa ser médica, possa ser dentista, possa ser engenheira. Nós não queremos uma sociedade...

Desaparecidos assombram país mesmo após redemocratização

Quando o presidente Lula assinou o decreto de reinstalação da Comissão Especial sobre Mortos e Desaparecidos Políticos, no início de julho, emergiu como prioridade na retomada...

Racista é condenado a oito meses de prisão por ataques a Vini Jr

O Real Madrid anunciou, nesta quarta-feira, que um racista foi condenado a oito meses de prisão por ataques a Vinicius Junior e Rüdiger. As agressões foram...
-+=