Coalizão Negra arrecada R$ 300 mil contra fome em jantar

Enviado por / FonteDo Migalhas

Campanha Tem Gente com Fome é realizada pelo grupo desde 2020.

Mais de R$ 300 mil foram arrecadados para a campanha Tem Gente com Fome, organizada pelo grupo Coalizão Negra, no jantar do Grupo Prerrogativas realizado no último domingo, 19, em São Paulo.

A campanha contra a fome foi lançada em 2020 e, de lá para cá, recebeu apoio de milhares de pessoas, e até da ONG de Beyonce.

O jantar do último domingo contou com as presenças de advogados, políticos, e de Lula e Alckmin em sua primeira aparição juntos após anúncio de possível chapa para 2022.

No evento, membros do grupo Coalizão Negra – articulação nacional que agrega mais de 250 organizações do movimento negro brasileiro – marcaram presença e entoaram gritos de resistência e luta pelo enfrentamento do racismo.

A mobilização já entregou cestas básicas a cem mil famílias de todo o país -e agora quer ajudar a prover o Natal daqueles que se encontram em situação de vulnerabilidade social.

No evento, o grupo recebeu homenagem do organizador, Marco Aurélio de Carvalho.

Entre os doadores estão o banco BTG Pactual, um grupo de cartórios de registradores civis, protestadores de título e tabelião de notas e os restaurantes de Antônio Carlos de Almeida Castro, mais conhecido como Kakay no meio político, Fuego e A Mano, localizados em Brasília. Juntos, desembolsaram para a campanha R$ 105 mil – R$ 50 mil dos dois primeiros e R$ 5 mil dos restaurantes.

Além deles, a ala política também contribuiu. Alckmin (sem partido), o ex-prefeito Fernando Haddad (PT), a deputada federal Margarete Coelho (PP-PI) e o vice-presidente da Câmara, Marcelo Ramos (PL-AM).

+ sobre o tema

O golpe de 2016 e seu estudo nas universidades

Se várias universidades resolveram colocar o tema “O golpe...

Marina diz em NY que não mudará a economia

Por: CRISTINA FIBE Candidata do PV pede fim de...

Às agressões humanas, a Terra responde com flores

Mais que no âmago de uma crise de proporções...

para lembrar

Saúde: 307 crianças ianomâmis desnutridas foram resgatadas em 2023

Ao longo do ano de 2023, 307 crianças ianomâmis diagnosticadas com desnutrição grave ou moderada foram resgatadas e recuperadas, segundo o Ministério da Saúde. Há quase...

Fux volta atrás e admite entidades antirracistas em julgamento de ação contra racismo estrutural

O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Luiz Fux recuou e admitiu que organizações que se dedicam ao enfrentamento do racismo participem como amicus curiae (amigo da corte) da ADPF...

388 anos por reparar

Hoje, 22/11 se inicia o julgamento da ADPF pelas nossas vidas. Em maio de 2022 a Coalizão Negra por Direitos, em parceria com partidos políticos...
-+=