Coletivo de cientistas negros faz live sobre representatividade midiática da mulher negra; confira

Enviado por / FonteG1

O Coletivo Nacional de Cientistas e Intelectuais Negros vai exibir uma live no próximo sábado (29), às 19h, com o tema: Representatividade e Representação Midiática da Mulher Negra.

A live será transmitida simultaneamente nos canais do Youtube do Quilombo da Ciência e nas plataformas digitais do Colegiado de Psicologia da UNEB.

Para iniciar as atividades, o Quilombo promoverá uma live em parceria com o Colegiado de Psicologia da Universidade Estadual da Bahia (UNEB), com a participação das potiguares e ativistas do Movimento Negro, Ana Paula Campos e Idyane França. Que também são integrantes do Coletivo.

Algumas ações pontuadas:
Quilombo Bilíngue – De forma voluntária pessoas dentro do quilombo que apresentam fluência nas línguas inglesa e espanhola promoverão aulas remotas, uma vez por semana para os integrantes do Quilombo da Ciência. Uma vez que, a ciência mundial é baseada e produzida na língua inglesa

Tutoria Profissional – A cada quinze dias, os profissionais do Quilombo da Ciência promoverão palestras sobre suas respectivas áreas, para que jovens que almejam entrar no mercado de trabalho consigam um direcionamento sobre possíveis cursos, dentro das universidades espalhadas pelo país. Além disso, esses profissionais poderão promover palestras sobre outros parâmetros dentro da sua formação, como por exemplo, biólogos podem abordar áreas voltadas para a conservação dos ecossistemas brasileiros

O Quilombo da Ciência é um coletivo formado por cientistas e intelectuais negros, fundado nas redes sociais no dia 18 de maio de 2020. Foi criado em decorrência do silenciamento e apagamento intelectual que o povo preto tem sofrido dentro e fora das academias e centros de pesquisa brasileiros. Ele nasce com o intuito de promover cientistas pretas e pretos, de retintos a pele clara que estão produzindo ciência no Brasil e no mundo, tendo como objetivo aquilombar as produções, discutir propostas e parcerias, divulgar trabalhos científicos e literários nas diversas áreas e atuações.

+ sobre o tema

Irlanda, Lavanderias Madalenas e a importância do Estado laico

Atendendo a um discurso hegemônico eurocêntrico e racista, é...

Mulheres e cantadas: uma relação de medo – Por: Jarid Arraes

A violência sexual é um problema sério na vida...

Ter mais mulheres nos conselhos das empresas interfere no valor de sua ações?

Até aqui, o que se sabia através de pesquisas...

Conselheiras tutelares de Cavalcante denunciam ameaças de morte

As conselheiras tutelares de Cavalcante denunciaram à Comissão de...

para lembrar

Jovem caxiense consegue estágio na NASA: ‘Existe espaço pra meninas negras’

Astrônoma da UFRJ conseguiu bolsa de pesquisa e pretende...

Primeiro futebolista a assumir a homossexualidade no Museu do Futebol

Justin Fashanu tem a partir desta quarta-feira o seu...

Senado dos EUA aprova proteção ao casamento gay

O Senado dos Estados Unidos aprovou nesta terça-feira (29/11),...

Botucatu lança ‘Patrulha Maria da Penha’ para combater violência contra mulheres

A cidade de Botucatu (SP) lançou nesta sexta-feira (8)...
spot_imgspot_img

Aborto legal: ‘80% dos estupros são contra meninas que muitas vezes nem sabem o que é gravidez’, diz obstetra

Em 2020, o ginecologista Olímpio Moraes, diretor médico da Universidade de Pernambuco, chegou ao hospital sob gritos de “assassino” porque ia interromper a gestação...

O que está em jogo com projeto que torna homicídio aborto após 22 semanas de gestação

Um projeto de lei assinado por 32 deputados pretende equiparar qualquer aborto realizado no Brasil após 22 semanas de gestação ao crime de homicídio. A regra valeria inclusive para os...

Moraes libera denúncia do caso Marielle para julgamento no STF

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), liberou nesta terça-feira (11) para julgamento a denúncia da Procuradoria-Geral da República (PGR) contra...
-+=