Saiba quem é Viviane Ferreira, a nova presidente do Comitê de Seleção do Oscar 2021

Enviado por / FonteDo Glamurama

A cineasta Viviane Ferreira foi eleita Presidente do Comitê Brasileiro de Seleção do Oscar 2021 em votação realizada nessa quinta-feira. Mas, afinal, quem é ela? Nascida e criada no Coqueiro Grande, na região periférica da cidade de Salvador, é mestre em políticas do audiovisual pela UNB, e advogada com atuação focada em direito do entretenimento. Em sua atuação na sétima arte, Viviane é a segunda mulher negra brasileira a dirigir um filme de longa metragem, “Um Dia com Jerusa”. A primeira foi Adélia Sampaio, em 1983, com “Amor Maldito”. Entre as grandes obras de Viviane estão também “Pessoas – Contar Para Viver”, “Mumbi7Cenas pós Burkina”, além de dirigir e roteirizar diversos videoclipes e curtas documentais.

Viviane Ferreira falou sobre sua formação e experiências: “Tenho uma formação política fincada na vivência religiosa do candomblé, em uma casa em que o “feminino” ainda é centro do poder. Tal formação foi alinhada com a experiência de trajetória profissional e política fruto da resistência do movimento de mulheres negras brasileiras. No Ceafro (organização de mulheres negras em Salvador), integrei o coletivo de juventude e fui presidenta até 2017 da Associação Mulheres de Odun, organização de mulheres negras feministas”, contou em entrevista à ‘Carta Capital’.

É importante ressaltar que, neste mês, a Academia Brasileira de Cinema e Artes Audiovisuais foi reconhecida oficialmente pela Academy of Motion Picture, Arts and Sciences (AMPAS) como única entidade responsável pela seleção do filme que a cada ano concorre a uma vaga entre os cinco indicados ao prêmio de Melhor Longa-Metragem Internacional no Oscar. Agora, o comitê é formado por Affonso Beato, Clelia Bessa, Lais Bodanzky, Leonardo Monteiro de Barros, Lula Carvalho, Renata Magalhães, Rodrigo Teixeira, Roberto Berliner e Viviane Ferreira.

Foto em destaque: Reprodução/ Glamurama 

+ sobre o tema

Ginasta Simone Biles se torna primeira atleta olímpica a ganhar emoji próprio no Twitter

A ginasta americana Simone Biles, principal nome da modalidade,...

A afetividade das mulheres negras

Você já parou para pensar sobre a vida afetiva...

Querem-nos fortes?

Um ‘’amigo’’ insiste em me chamar de ‘’cara’’. Isso...

para lembrar

Bancada evangélica agora investe na “cura” dos gays

Na Câmara, a Comissão de Seguridade Social e Família...

‘Honestamente, você tem que saber rir de si mesma’, diz Rihanna

Há dois anos sem lançar nenhum álbum novo, Rihanna...

Charlotte Maxeke ou a “Mãe da Liberdade Negra” na África do Sul

Dedicou a sua vida à luta pelos direitos das...
spot_imgspot_img

CNJ pede explicações a juízas sobre decisões que negaram aborto legal

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) decidiu nesta sexta-feira (12) intimar duas magistradas do Tribunal de Justiça de Goiás (TJGO) a prestarem esclarecimentos sobre...

Instituto Mãe Hilda anuncia o lançamento do livro sobre a vida de matriarca do Ilê Aiyê

O livro sobre a vida da Ialorixá Hilda Jitolu, matriarca do primeiro bloco afro do Brasil, o Ilê Aiyê, e fundadora do terreiro Acé...

Centenário de Tia Tita é marcado pela ancestralidade e louvado no quilombo

Tenho certeza que muitos aqui não conhecem dona Maria Gregória Ventura, também conhecida por Tia Tita. Não culpo ninguém por isso. Tia Tita é...
-+=