Colonização francesa na Argélia foi ‘brutal’, diz Hollande

Presidente francês reconheceu que o país africano foi ‘submetido a um sistema injusto’ mas não pediu desculpas

ARGEL – O presidente da França, François Hollande, admitiu nesta quinta-feira, 20, que a colonização francesa na Argélia foi “brutal e injusta”, mas evitou um pedido de desculpas ao país do norte africano, visto por Paris como um importante parceiro comercial e produtor de petróleo.

“Durante 132 anos, a Argélia foi submetida a um sistema brutal e injusto: a colonização. Admito o sofrimento que ela causou”, disse o socialista Hollande ao Parlamento argelino, no segundo dia de uma visita oficial destinada a melhorar as relações diplomáticas e econômicas.

“Respeitamos o ato da lembrança, de todas as lembranças. Há um dever da verdade a respeito da violência, das injustiças, dos massacres e da tortura”, disse ele, referindo-se à guerra (1954-1962) que levou à desocupação francesa e à independência da Argélia.

Ao chegar a Argel, na quarta-feira, Hollande foi recepcionado por milhares de argelinos. Ele defendeu uma parceria econômica em pé de igualdade, mas disse que não havia ido ao país para “se arrepender ou se desculpar.”

 

 

Fonte: Estadão

+ sobre o tema

Adriana Bombom e Dudu Nobre são padrinhos em batizado

Adriana Bombom e Dudu Nobre tiveram um compromisso na...

Universidade estadual do Maranhão terá cota para índios e negros

  A Universidade Estadual do Maranhão terá de reservar ao...

Lázaro Ramos substitui José Wilker na transmissão do Oscar

Lázaro Ramos foi escalado pela Globo para substituir José...

História “embeleza” questão do tráfico de escravos, diz arquiteta portuguesa

Sofia Castelo é uma das candidatas a um concurso...

para lembrar

Severiano de Heredia

Severiano de Heredia, né à La Havane à Cuba le 8 novembre 1836 et mort à Paris le 9 février 1901, est...

Ministros inauguram Luz Para Todos em Mangaratiba

Mangaratiba Os moradores das ilhas da Marambaia e...

‘Tenho orgulho em falar que fui lixeiro’, afirma campeão da maratona

Brasileiro ex-catador de lixo domina as ruas de Guadalajara...
spot_imgspot_img

Flávia Souza, titular do Fórum de Mulheres do Hip Hop, estreia na direção de espetáculo infantil antirracista 

Após mais de vinte anos de carreira, com diversos prêmios e monções no teatro, dança e música, a multiartista e ativista cultural, Flávia Souza estreia na...

Estou aposentada, diz Rihanna em frase estampada na camiseta

"Estou aposentada", é a frase estampada na camiseta azul que Rihanna, 36, vestia na última quinta-feira (6), em Nova York. Pode ter sido uma brincadeira, mas...

Tony Tornado relembra a genialidade (e o gênio difícil) do amigo Tim Maia, homenageado pelo Prêmio da Música Brasileira

Na ausência do homenageado Tim Maia (1942-1998), ninguém melhor para representá-lo na festa do Prêmio da Música Brasileira — cuja edição 2024 acontece nesta quarta-feira (12),...
-+=