Comissão de Combate ao Racismo aprova aumento de pena para injúria racial

Com alteração, tempo de prisão passa de 1 a 3 anos para 2 a 5 anos; projeto vai ser protocolado e distribuído às comissões competentes

No, CMAIS

A pena para o crime de injúria racial passou de um a três anos para dois a cinco anos de prisão. O relatório final que propõe o aumento, no Código Penal (Decreto-Lei 2.848/40), foi aprovado pela Comissão Externa de Combate ao Racismo da Câmara dos Deputados.

A pena também se aplica quando a injúria atingir etnia, religião, origem, idade da vítima ou deficientes físicos. A proposta torna ainda a ação da injúria incondicionada, ou seja, ela independe da vontade da vítima, bastando a ação do Ministério Público.

O racismo é definido em lei (7.716/89) como crime inafiançável e imprescritível. Qualquer cidadão tem legitimidade para dar o flagrante. O projeto da comissão vai ser protocolado na Secretaria-Geral da Mesa e distribuído às comissões competentes.

 

 

+ sobre o tema

Eu era menino quando os da caserna confundiram-me com um comunista

Eu tinha pouco mais de dois anos quando raiou...

UFRJ terá primeira mulher negra como diretora da Faculdade de Educação

Neste ano, a Faculdade de Educação da Universidade Federal do...

Ditadura invadiu terreiros e destruiu peças sagradas do candomblé

Desde criança, a iyalorixá Mãe Meninazinha d’Oxum ouvia a...

Morre Ykenga Mattos, que denunciou o racismo em seus cartuns, aos 71 anos

Morreu na manhã desta segunda-feira aos 71 anos o...

para lembrar

Políticos e religiosos gregos dizem ‘nunca mais ao nazismo’

  A comoção criada pela chegada ao Parlamento...

Mulher é presa por insultos racistas a passageiros no metrô de Londres

Uma passageira do metrô de Londres foi condenada...

Racismo nas arquibancadas volta a assombrar Eurocopa

UEFA multou nesta terça-feira a Federação Croata de Futebol...

De origem aborígene, corredor vê racismo e ameaça boicotar Jogos

O australiano John Steffensen fez uma acusação grave...
spot_imgspot_img

Comida mofada e banana de presente: diretora de escola denuncia caso de racismo após colegas pedirem saída dela sem justificativa em MG

Gladys Roberta Silva Evangelista alega ter sido vítima de racismo na escola municipal onde atua como diretora, em Uberaba. Segundo a servidora, ela está...

Adolescente denuncia mulher por agressão e injúria racial em Rio Preto

Um adolescente de 13 anos denunciou ter sofrido injúria racial e ter sido esganado por uma mulher após discutir com o genro dela, em São...

Jornalista é vítima de injúria racial dentro de supermercado da Baixada Fluminense

O colunista Daniel Nascimento, do jornal O Dia, foi vítima de injúria racial em um supermercado de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, na última...
-+=