Como ‘saiaços’ se tornaram arma para debater igualdade de gênero nas escolas

No ano passado, o professor Vitor Pelegrin, 30, participou de um desfile de 7 de Setembro usando um adereço que o distinguia dos demais homens presentes: uma saia. Segundo ele, a escolha do vestuário provocou recentemente seu afastamento da escola municipal Caic Zeferino Vaz, em Campinas (a 93 km de São Paulo).

Por Felipe Souza Do BBC

A prefeitura, por outro lado, afirma que o afastamento de Pelegrin, há duas semanas, ocorreu porque ele queria discutir sua atuação no desfile, em vez de planejar o ano letivo com os outros professores.

Na ocasião, Pelegrin e outra professora entraram no desfile dos estudantes com uma faixa de protesto para pedir igualdade de gênero: “Já raiou a liberdade”, dizia uma das frases estampadas. A Secretaria Municipal da Educação informou que a ação começou a ser investigada após pais e professores reclamarem do ato não programado.

É um entre diversos casos de “saiaços” que têm fomentado o debate sobre vestuário, liberdade de manifestação e igualdade de gênero em escolas. O afastamento de Pelegrin, no dia 18 de março, desencadeou uma série de manifestações, e os alunos passaram a discutir o assunto nas redes sociais e expressar suas opiniões.

Houve desde quem criticasse o professor – alegando desrespeito às regras da escola ou exibicionismo da parte de Pelegrin – até quem aderisse ao protesto, fotografando-se de saia em sinal de apoio, com a hashtag #SaiaSemPreconceito.

+ sobre o tema

Benedita da Silva: ‘agora, nós mulheres queremos ser votadas’

Ao assumir o governo do Rio de Janeiro em...

“Acordei com ele em cima de mim”, relata vítima de Roger Abdelmassih

Ivany Serebrenic, a primeira vítima a denunciar Roger Abdelmassih,...

Não se nasce mulher, torna-se mulher

A palavra cantada, de rima lavrada, abre passagem para...

Mulheres pretas que movimentam #5 – Luciane Dom

Luciane Dom impressiona quando começa a cantar. Com voz...

para lembrar

Longa-metragem documental junta história e arte de mulheres negras gaúchas no cinema

A fotógrafa autodidata Irene Santos pretende evidenciar o trabalho de...

Agências da ONU divulgam nota sobre PEC 181/15

Agências das Nações Unidas no Brasil manifestaram no domingo...

Jandira Feghali: Lei Maria da Penha está fazendo revolução social; 300 mil mulheres salvas

300 MIL MULHERES SALVAS PELA LEI MARIA DA PENHA da assessoria...
spot_imgspot_img

Mulher tem aborto legal negado em três hospitais e é obrigada a ouvir batimento do feto, diz Defensoria

A Defensoria Pública de São Paulo atendeu ao menos duas mulheres vítimas de violência sexual que tiveram o acesso ao aborto legal negado após o Conselho...

‘Abuso sexual em abrigos no RS é o que ocorre dentro de casa’, diz ministra

A ministra das Mulheres, Cida Gonçalves, considera que a violência sexual registrada contra mulheres nos abrigos que recebem desalojados pelas enchentes no Rio Grande...

ONU cobra Brasil por aborto legal após 12 mil meninas serem mães em 2023

Mais de 12,5 mil meninas entre 8 e 14 anos foram mães em 2023 no Brasil, num espelho da dimensão da violência contra meninas...
-+=