quarta-feira, setembro 22, 2021
InícioEm PautaComplexo de vira-lata

Complexo de vira-lata

Complexo de vira-lata” é uma expressão criada pelo dramaturgo e escritor brasileiro Nelson Rodrigues, a qual originalmente se referia ao trauma sofrido pelos brasileiros em 1950, quando a Seleção Brasileira foi derrotada pela Seleção Uruguaia de Futebol na final da Copa do Mundo em pleno Maracanã. O Brasil só teria se recuperado do choque (ao menos no campo futebolístico) em 1958, quando ganhou a Copa do Mundo pela primeira vez.

Do Wikipedia

Para Rodrigues, o fenômeno não se limitava somente ao campo futebolístico. Segundo ele:

Por “complexo de vira-lata” entendo eu a inferioridade em que o brasileiro se coloca, voluntariamente, em face do resto do mundo. O brasileiro é um narciso às avessas, que cospe na própria imagem. Eis a verdade: não encontramos pretextos pessoais ou históricos para a autoestima.

A expressão complexo de vira-lata (traduzida para “the mongrel complex”) foi recuperada em 2004 pelo jornalistaestadunidense Larry Rohter, que em matéria para o The New York Times sobre o programa nuclear brasileiro, escreveu:

Escrevendo nos anos 1950, o dramaturgo Nelson Rodrigues viu seus compatriotas afligidos por um senso de inferioridade, e cunhou a frase que os brasileiros hoje usam para descrevê-lo: “o complexo de vira-lata”. O Brasil sempre aspirou a ser levado a sério como uma potência mundial pelos pesos-pesados, e portanto dói nos brasileiros que líderes mundiais possam confundir seu país com a Bolivia, como Ronald Reagan fez uma vez, ou que desconsiderem uma nação tão grande – tem 180 milhões de pessoas – como “não sendo um país sério”, como Charles de Gaulle fez.

O Brasil estaria assim, desejoso de ser reconhecido como igual no concerto das nações, mas tropeçaria sucessivamente em sua baixa auto-estima, reforçada pelos incidentes folclóricos acima relatados e outros do mesmo gênero (“a capital do Brasil é Buenos Aires”, “os brasileiros falam espanhol” etc) sucessivamente cometidos pela mídia e autoridades estrangeiras.

 

Continue lendo aqui 

 

Leia Também:

Complexo de vira-latas: Como a elite brasileira enfiou isso na sua cabeça

RELATED ARTICLES