Conheça o agarradinho, jeito maranhense de dançar reggae

Ritmo que surgiu no estado via rádios caribenhas foi adaptado ao jeito brasileiro de dançar

O Maranhão é conhecido como a Jamaica brasileira devido a sua longa história com o reggae, que se mantém presente nas periferias de São Luís desde os anos 80. Mas muito além dos estereótipos do regueiro conhecido pelo mundo, em solo maranhense, o estilo é dançado a dois de forma sensual e romântica.

A fotógrafa maranhense Ingrid Barros, comenta que dançar reggae juntinho nem sempre é sobre paixão, mas acredita que sempre seja sobre amor. “Amor pela música. Pela dança. Pelo encontro de corpos livres e desconhecidos que ali se identificam por um ritmo que cruzou o atlântico. Em passos a dois. Agarradinho. Que pra nós, maranhenses, mesmo quando não sabemos dançar, a gente sabe”, afirma Barros.

A origem do Agarradinho é incerta, com várias teorias apontando para a influência de rádios caribenhos ou festas realizadas por marinheiros na região central do estado, mas é provável que a dança seguiu os mesmo passo do ritmo que se popularizou nos bailes da periferia da cidade na década de 90.

Isso aconteceu quando as discotecagens em clubes de reggae começaram a ficar famosas e o ritmo invadiu das grandes rádios locais e surgiu na trilha sonora de programas de TV.

De acordo com o jornalista maranhense Ademar Danilo, idealizador do Museu do reggae, o estilo da dança vem do gingado do bolero e outros ritmos caribenhos comuns na região, incluindo a Rumba, salsa, merengue e reggae. Com o tempo, o agarradinho foi tomando forma e adquirindo suas próprias características, misturando calor, envolvência e sensualidade. Os regueiros mais experientes apresentam passos bem marcados, criando um verdadeiro espetáculo de dança.

Ouvindo as batidas fortes e as famosas “pedradas”, dançar reggae a dois é uma mistura perfeita de pele, seja com um amor, um amigo ou até mesmo com um desconhecido em uma combinação de calor, emoção e sensualidade.

Quer aprender a dançar agarradinho? Barros ensina passo a passo como entrar no ritmo:

Abraço
Abrace seu par, colocando as mãos ao redor do pescoço ou nas costas. Também é possível segurar as mãos.

Fechamento dos olhos
Feche os olhos para se concentrar na música e na dança.

Sintonize-se com a música
Sinta a música e permita que ela o guie. Deixe-a percorrer seu corpo.

Solte o quadril
Deixe a cintura e os pés fluírem com a música para sincronizar com o par.

Se entregue
Reggae é sinônimo de conexão e entrega. Se permita dançar e siga a batida do coração.

+ sobre o tema

Ryca: Mãe da Beyoncé se casa com o ator Richard Lawson em um iate!

Tina Knowles, mais conhecida como a mãe de ninguém...

O estilo e a força afro de Liniker

“A cultura afro é linda, colorida, chama atenção. Mesmo...

Abertura das Olimpíadas terá Karol Conka e MC Soffia, de 12 anos

Segundo a colunista Cleo Guimarães do Globo, a cerimônia...

para lembrar

O momento das modelos negras na moda mundial

Fala-se muito de diversidade na moda e temos notado...

“Fortaleza” quilombola recebe registro em cartório do Estado

Por: EDUARDO GERAQUE A vida no Quilombo de Ivaporunduva,...

[VÍDEO] Gilberto Gil compõe música para médica que o tratou

Mesmo após tantas internações e uma biópsia recente no...

Hoje na História, 1942, 17 de agosto nascia Nei Lopes

1942 foi um ano estelar para a Música Popular...
spot_imgspot_img

MinC vai lançar plataforma de streaming voltada ao audiovisual nacional

O Ministério da Cultura está se preparando para lançar, ainda no segundo semestre deste ano, uma plataforma de streaming dedicada à produção audiovisual brasileira. Idealizado pela Secretaria do Audiovisual...

Podcast Pessoas: Temporada Vidas Negras é destaque do mês no Museu da Pessoa

Nele, cada episódio apresenta a edição de uma entrevista que compõe o acervo do Museu da Pessoa no formato storytelling. O Podcast, lançado em 2020,...

Leci Brandão – Na Palma da Mão em curta temporada no Imperator

Com direção de Luiz Antonio Pilar e texto de Leonardo Bruno, musical que celebra vida e obra da artista se apresenta no Imperator Vencedor do Prêmio Shell de Teatro na categoria "Direção" Nome incontornável da música brasileira, compositora e intérprete de...
-+=