Conselho mantém afastamento de Demóstenes do MP de Goiás

O Conselho Nacional do Ministério Público (CNPM) decidiu manter o afastamento do procurador de Justiça do Ministério Público de Goiás e ex-senador Demóstenes Torres. Ele está sendo investigado por supostas ligações com o bicheiro Carlinhos Cachoeira. A prorrogação do afastamento, por mais 60 dias, já havia sido tomada, em decisão individual, pela conselheira Claudia Chagas, relatora do processo administrativo disciplinar que investiga Demóstenes.

Por 7 votos a 5, o plenário também garantiu a Demóstenes Torres vitaliciedade no cargo, embora tenha aderido a regimento anterior ao da Constituição Federal, de 1988, que prevê que os membros do Ministério Público são vitalícios no cargo. A defesa pediu que ele fosse enquadrado ao regulamento em vigor. De acordo com o conselho, o plenário entendeu “que a vitaliciedade é garantia da sociedade brasileira, e não prerrogativa do membro individual do Ministério Público. Segundo o entendimento do plenário, a vitaliciedade possibilita o exercício da atividade do membro do Ministério Público”.

O procurador-geral da República e presidente do CNMP, Roberto Gurgel, disse, no entanto, que a vitaliciedade “não significa uma blindagem” e não impede que Demóstenes Torres seja demitido ao final da investigação, caso seja responsabilizado.

O regimento do Ministério Público prevê o afastamento por 60 dias, em casos de processo administrativo disciplinar, prorrogável uma vez pelo mesmo período. No final de maio, vão completar 190 dias que Demóstenes Torres está afastado do cargo. O conselho, entretando, decidiu prorrogar o afastamento excepcionalmente.

 

Demóstenes Torres do DEM responsabiliza negros pela escravidão

A vingança dos ancestrais: Demóstenes Torres tem seu mandato cassado no Senado

O caso Demóstenes Torres e as raposas no galinheiro

Demóstenes, o STF e as cotas raciais

Fonte: Agência Brasil

+ sobre o tema

Metade das crianças violentadas foi agredida mais de uma vez

O Brasil registrou 58,3 mil casos de estupro de crianças e...

SP enquadrou 31 mil negros como traficantes em situações similares às de brancos usuários

Para a polícia de São Paulo, a diferença entre um traficante e...

STF retoma julgamento sobre descriminalização do porte de drogas

O Supremo Tribunal Federal (STF) retoma nesta quinta-feira (20)...

STF começa a julgar nesta terça (18) supostos mandantes da morte de Marielle

O Supremo Tribunal Federal (STF) inicia, na tarde desta...

para lembrar

O beija mão de Karnal em Moro abre novos negócios. Por Kiko Nogueira

A esquerda que tinha Leandro Karnal em alta conta...

RIO DE JANEIRO: Show Margareth Menezes

Fonte: Agenda de Show -   03/12 - Quinta -Feira Circo...

Tea Party

O "europeu" Obamase revelou inábil para lidar com a...

Leno F. Silva: Manifestações livres sobre qualquer assunto

Por: Leno F. Silva   Não sei quantos motoristas de...

PL antiaborto viola padrões internacionais e ameaça vida, diz perita da ONU

O PL antiaborto viola padrões internacionais de direitos humanos e, se aprovado, representaria uma ameaça para a vida principalmente das mulheres mais pobres do...

Prefeitura de São José dos Campos retira obra sobre mulheres cientistas das escolas

A prefeitura de São José dos Campos (SP) recolheu a obra Mulheres Sonhadoras, Mulheres Cientistas, composta por dois livros, das escolas e bibliotecas do município. Escritos por...

A direita parlamentar parece ter perdido sua bússola moral

Com o objetivo de adular a extrema direita e constranger o governo, o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, facilitou a aprovação de...
-+=