Início África e sua diáspora Entretenimento Contos Peregrinos, novo espetáculo da Cia da Tribo, traz histórias inspiradas em...

Contos Peregrinos, novo espetáculo da Cia da Tribo, traz histórias inspiradas em contos da Bolívia, Japão e Angola

A peça, que estreia em temporada virtual no próximo dia 13, entrelaça narrativas dos três países e apresenta para as crianças as similaridades e as diferenças de culturas com suas músicas, seus trajes, suas vivências e seus sonhos

Cena de Contos Peregrinos, que celebra os 25 anos da Cia da Tribo e traz histórias de três países diferentes. (Foto: Vitor Campanario)

Contos Peregrinos, o novo espetáculo infantil da Cia da Tribo, foi inspirado em contos originais de três países: “Guajojó, o Pássaro”, da Bolívia; “O Menino e a Baleia”, do Japão; e “Niamana, uma menina angolana”, de Angola. A nova peça estreia dia 13 de novembro e segue até dia 19 de dezembro, aos sábados e domingos, com exibição online, pelo Facebook e Youtube dos Teatros Municipais Arthur Azevedo, Paulo Eiró, Alfredo Mesquita, Cacilda Becker e quatro Casas de Cultura.

Contemplado pelo edital ProAC LAB 52/2020 (Prêmio por Histórico de Realização – Espetáculo Infanto-Juvenil), a premiada companhia, criada e dirigida por Milene Perez e Wanderley Piras, sempre contou histórias populares brasileiras. Agora, ao comemorar seus 25 anos de trajetória, o grupo escolheu um novo desafio: contar histórias do mundo.

Em Contos Peregrinos, o grupo coloca em cena tramas cheias de humor, lirismo e poesia, em que os personagens perambulam pelo palco, entrelaçam suas narrativas migrantes e trazem a possibilidade de conhecer histórias de povos que pareciam distantes. “As narrativas são universais e podem ser vivenciadas e compreendidas por crianças de todo o mundo”, colocam os criadores.

“As similaridades e diferenças – entre pessoas, imaginários, modos de vida – surgem no espetáculo em forma de poesia, mas também como uma urgência: a diversidade cultural e social se faz presente nas grandes cidades e é fundamental que crianças e adultos falem e pensem sobre respeito, preconceitos e solidariedade”, afirmam os dois diretores.

O grupo trabalha há décadas com artistas especialmente convidados para cada uma de suas produções. Contos Peregrinos integra diferentes formas de expressão e possui uma interface híbrida, reunindo teatro de bonecos, música ao vivo e projeções de imagens. O cenário é formado por pequenas caixas que se abrem para contar grandes histórias. Os bonecos bidimensionais, produzidos em varas invertidas, são manipulados de cima para baixo, em uma perspectiva inovadora para o público.

Os Contos:

“Guajojó, o Pássaro”, Bolívia – conto popular boliviano que fala do amor proibido entre a filha de um cacique com um grande guerreiro de seu povo. Quando o romance é descoberto, grandes reviravoltas acontecem!

“O Menino e a Baleia”, Japão – conto tradicional japonês que apresenta a história do pequeno Yukio, um menino que não entende por que seu pai caça baleias. Um dia ele tenta salvar sozinho uma baleia encalhada. Sua atitude vai movimentar a todos na aldeia de pescadores.

“Niamana, uma menina angolana”, Angola – a lenda conta a História de Niamana, uma menina da tribo de Tchokwe, que vive às margens do rio Zambeze. Ela ajuda o feiticeiro Tahi a encontrar o “cestinho de adivinhação” o qual utilizava para curar os enfermos e prever o futuro dos aldeões.

Sinopse

Contos Peregrinos apresenta três histórias baseadas em contos populares de três diferentes países: “Guajojó, o Pássaro”, da Bolívia; “O Menino e a Baleia”, do Japão; e “Niamana, uma Menina Angolana”, de Angola. Estas histórias são trazidas e levadas por personagens em constante movimento, que perambulam pelo palco entrelaçando a narrativa com suas músicas, seus trajes, suas vivências e seus sonhos.

Sobre a Cia da Tribo

O grupo paulista Cia da Tribo, fundado pelos artistas Milene Perez e Wanderley Piras, iniciou seu trabalho de pesquisa em cultura popular em 1996. Sua linguagem cênica foi desenvolvida através do estudo de tradições populares, personalidades e corporeidades brasileiras. Histórias, músicas, danças e bonecos criados pelo povo em diversas regiões do país são investigados, apreendidos, recriados e trazidos à cena, construindo assim, uma teatralidade brasileira.

Contos Peregrinos (Foto: Vitor Campanario)

Ficha Técnica

Texto e Direção: Milene Perez e Wanderley Piras

Atuação: Ricardo Dutra, Milene Perez, Wanderley Piras

Caixas cenográficas e Bonecos (concepção e confecção): Sergio Serrano

Cenografia: Wanderley Piras

Consultoria sobre migração internacional e refúgio: Wendy Villalobos

Direção de Produção: Wendy Villalobos

Direção Musical e Trilha Original: Ricardo Dutra

Edição de Vídeo: Gabriel Bueno

Figurino: Milene Perez

Iluminação: Ricardo Silva

Máscaras: Thiago Paiva

Produção Audiovisual: Cigarra Filmes, Carina Barros, Julia Sprecher, Sábia da Flauta, Vicente Otávio e Vitor Campanario

Produção Executiva: Gabriel Bueno

Produção Geral: Cia da Tribo

SERVIÇO

Contos Peregrinos

Duração: 50 minutos

Classificação etária: Livre | Gratuito

Exibição pelo Facebook e/ou Youtube dos seguintes espaços:


Teatro Arthur Azevedo

Dias 13 e 14 de novembro | Sábado e domingo, 16h

https://www.youtube.com/TeatroArthurAzevedoSP

https://www.facebook.com/teatroarthurazevedosp


Teatro Paulo Eiró

Dias 20 e 21 de novembro | Sábado e domingo, 16h

https://www.youtube.com/channel/UCYGP2Pks9jXpEEOVWoIWgxg/featured

https://www.facebook.com/teatropauloeiro


Teatro Alfredo Mesquita

Dias 27 e 28 de novembro | Sábado e domingo, 16h

https://www.facebook.com/teatroalfredomesquita

https://www.youtube.com/TeatroAlfredoMesquita/


Casa de Cultura da Vila Guilherme

Dia 04 de dezembro | Sábado, 16h

https://www.facebook.com/CCCasarao

https://www.youtube.com/CasadeCulturaCasarao


Casa de Cultura Hip Hop Sul

Dia 05 de dezembro | Domingo, 16h

https://www.facebook.com/ccmhiphopsul


Teatro Cacilda Becker

Dias 11 e 12 de dezembro | Sábado e domingo, 16h

https://www.youtube.com/TeatroCacildaBecker

https://www.facebook.com/TeatroCacildaBeckerSP


Casa de Cultura de Itaquera – Raul Seixas

Dias 18 de dezembro | Sábado, 15h

https://www.facebook.com/CasaDeCulturaRaulSeixas


Casa de Cultura do Tremembé

Dia 19 de dezembro | Domingo, 15h

https://www.facebook.com/cctremembe

** ESTE ARTIGO É DE AUTORIA DE COLABORADORES OU ARTICULISTAS DO PORTAL GELEDÉS E NÃO REPRESENTA IDEIAS OU OPINIÕES DO VEÍCULO. PORTAL GELEDÉS OFERECE ESPAÇO PARA VOZES DIVERSAS DA ESFERA PÚBLICA, GARANTINDO ASSIM A PLURALIDADE DO DEBATE NA SOCIEDADE.

SEM COMENTÁRIOS

-+=