terça-feira, fevereiro 7, 2023
InícioQuestão RacialCasos de RacismoCorregedoria da Câmara quer evitar que caso de racismo vá para Conselho...

Corregedoria da Câmara quer evitar que caso de racismo vá para Conselho de Ética

A corregedora da Câmara Municipal de Curitiba, vereadora Noemia Rocha, do PMDB, tem trinta dias para analisar o caso de racismo denunciado pelo vereador Mestre Pop, do PSC. A avaliação sobre a denúncia de quebra de decoro deve ser entregue até o dia 27 de dezembro.

Por Ana Kruger,do CBN Curitiba 

Na última terça-feira, o parlamentar foi alvo de uma piada preconceituosa por parte do vereador Zé Maria, do Solidariedade. Um boletim de ocorrência chegou a ser registrado contra Zé Maria. Segundo o autor da “piada”, tudo não passou de uma brincadeira.

A corregedora Noêmia Rocha vai analisar as informações da denúncia; no entanto, quer buscar uma reconciliação entre os vereadores e evitar que o caso chegue ao Conselho de Ética.

Os dois vereadores, e outros quatro parlamentares que presenciaram a cena, devem ser chamados para depor na corregedoria. Caso a denúncia chegue ao Conselho de Ética da Câmara, a punição pode chegar à perda do mandato.

No dia seguinte ao acontecimento, o vereador Zé Maria pediu desculpas ao colega, mas mesmo assim a denúncia de injúria racial foi mantida e o inquérito na Polícia Civil continua aberto.

Artigos Relacionados
-+=
PortugueseEnglishSpanishGermanFrench