quinta-feira, outubro 28, 2021
InícioÁreas de AtuaçãoSaúdeCrivella veta projeto que amplia teste do pezinho na rede municipal de...

Crivella veta projeto que amplia teste do pezinho na rede municipal de saúde

O prefeito Marcelo Crivella (PRB) vetou integralmente o projeto de lei que pretendia modernizar o chamado “teste do pezinho”, exame aplicado obrigatoriamente em recém-nascidos em todas as redes de saúde.

blank

Por Aline Macedo Do Extra

O projeto do vereador Dr. Jorge Manaia (SD) determina que a rede municipal passe a aplicar a metodologia da Espectrometria de Massa em Tandem (EMT), que consegue detectar um número muito maior de doenças hereditárias.

Atualmente, os testes usando EMT estão disponíveis apenas na rede privada — e custam cerca de R$ 1400 em média.

Na justificativa para o veto, o prefeito argumenta que projetos de lei “que de qualquer forma importem em aumento de despesa” devem ser apresentados pelo Poder Executivo, e não pelo Legislativo.

“Ademais, o Projeto se revela inoportuno eis que o Município do Rio de Janeiro, por sua Secretaria Municipal de Saúde, já realiza a fase IV do chamado teste do pezinho, última e mais avançada disponibilizada pelo Governo Federal”, segue o texto.

O autor do projeto não se contentou com os argumentos de Crivella, e promete lutar para derrubar o veto na Câmara.

Leia também

O teste do pezinho

Para especialistas, atendimento a doença falciforme esbarra em racismo

RELATED ARTICLES