Datafolha: Dilma tem 47% contra 30% de Serra

Pesquisa Datafolha divulgada neste sábado (21) pelo jornal Folha de S.Paulo mostra a candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, com 47% das intenções de voto, contra 30% de José Serra (PSDB) e 9% de Marina Silva (PV). Na pesquisa anterior, divulgada no último dia 13, a petista tinha 41%, contra 33% do tucano e 10% da candidata do PV. Os outros candidatos não pontuaram.

Brancos e nulos somam 4%, enquanto 8% dos entrevistados disseram não saber em quem vão votar. A margem de erro é de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos.

Nos votos válidos (em que são distribuídos proporcionalmente os dos indecisos entre os candidatos e desconsiderados brancos e nulos), Dilma vai a 54%. Ou seja, teria acima de 50% e ganharia a disputa em 3 de outubro.

Na pesquisa espontânea para o primeiro turno, Dilma Rousseff aparece com 31% das intenções de voto, contra 17% de José Serra. No levantamento anterior, a candidata do PT tinha 26%, contra 16% do presidenciável do PSDB.

Houve também um distanciamento de Dilma na disputa de um eventual segundo turno. Se a eleição fosse hoje, ela teria 53% contra 39% de Serra. Há uma semana, ela tinha 49% e ele, 41%.

Entre as mulheres, Dilma lidera pela primeira vez. Na semana anterior, havia empate entre ela e Serra, em 35%. Agora, a petista abriu 12 pontos de frente nesse grupo: 43% contra 31% de Serra.

Marina tinha 11% e está com 10% entre as mulheres. A verde continua estável desde março no Datafolha. Tem mostrado alguma reação só entre os mais ricos, faixa em que tinha 14% há um mês, foi a 17% e agora atingiu 20%.

A liderança de Dilma no eleitorado masculino é maior do que entre o feminino: tem 52% contra 30% de Serra. A candidata do PV tem 8%.

O Datafolha entrevistou 2727 pessoas no dia 20 de agosto. A pesquisa foi registrada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) com o número 24460/2010.

Fonte: Datafolha

+ sobre o tema

A inovação política que emerge nas periferias

Resultados do 1º turno reforçam nova configuração no Folha de...

Minha Casa, Minha Vida: Governo amplia limite de renda para compra da casa própria

Rendimento mensal máximo sobe de R$ 4.900 para R$...

Mitt Romney é vaiado por organização afro-americana nos EUA

Republicano foi vaiado por 25 segundos durante convenção em...

O duplo desafio de Obama

- Fonte: O Estado de São Paulo - Conforme...

para lembrar

O cabelo dos meninos pretos – por Cidinha da Silva

Por Cidinha da Silva Algo de sinistro acontecia com os...

Pesquisa Sensus aponta empate entre Serra e Dilma

Pesquisa Sensus encomendada pelo Sintrapav (Sindicato dos Trabalhadores...

“Pare de reclamar e vá trabalhar”: a PEC 241 e a assistência social

Quem repete a frase acima certamente sabe quantos idosos,...

É só alegria! Por Cidinha da Silva

Por Cidinha da Silva Os dias eram pré-carnavalescos no Rio...

Fim da saída temporária apenas favorece facções

Relatado por Flávio Bolsonaro (PL-RJ), o Senado Federal aprovou projeto de lei que põe fim à saída temporária de presos em datas comemorativas. O líder do governo na Casa, Jaques Wagner (PT-BA),...

Morre o político Luiz Alberto, sem ver o PT priorizar o combate ao racismo

Morreu na manhã desta quarta (13) o ex-deputado federal Luiz Alberto (PT-BA), 70. Ele teve um infarto. Passou mal na madrugada e chegou a ser...

Equidade só na rampa

Quando o secretário-executivo do Ministério da Justiça e Segurança Pública, Ricardo Cappelli, perguntou "quem indica o procurador-geral da República? (...) O povo, através do seu...
-+=