Dilma diz que Serra tem ‘visão elitista’ e que povo não é ingênuo

Por: Alexandro Martello

Dilma entrou com representações contra uso da imagem de Lula.
TSE, porém, julgou que somente Lula pode fazer o questionamento.


A candidata do Partido dos Trabalhadores (PT) à Presidência da República, Dilma Rousseff, disse neste domingo (22) que José Serra, seu oponente do PSDB, tem uma “visão elitista” do povo brasileiro, e acrescentou que a população não é ingênua. Os comentários foram feitos em alusão ao uso da imagem do presidente Luiz Inácio Lula da Silva na campanha de seu opositor.

Neste sábado (21), o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) arquivou duas representações da coligação do PT que questionavam o uso da imagem do presidente Lula na companha de Serra. O ministro Henrique Neves, do TSE, avaliou, em sua decisão, que o direito à imagem é “pessoal e somente pode ser reclamado pela própria pessoa que teve a imagem utilizada sem autorização”. Deste modo, argumenta ele, somente o próprio presidente da República poderia ter ingressado com a representação.

“Eu só acho é que é estranho. É de supor uma ingenuidade do povo brasileiro que é absurda. Por trás de quem usa a imagem de Lula porque ele está com a popularidade alta. Quando a gente precisava ao longo do governo, só criticava”, disse Dilma. E acrescentou: “Tem uma visão elitista de povo, que acha que o povo acredita que quem foi contra o Lula durante os oito anos de mandato, quem durante a campanha de 2002, quando o Lula foi eleito, incentivou a teoria do medo e disse sistematicamente de manhã e de tarde que nós somos um governo que ele discorda de tudo, e de noite usa o Lula. Pelo amor de Deus!”.

A candidata não quis fazer comentários sobre a decisão do TSE. “Eu não vou nem discutir a ação. Não acredito que o povo seja ingênuo e incapaz de ter visão crítica. Pelo contrário, acho que ele é capaz de ter visão crítica. Acho que ele entende direitinho o que acontece. Teve horas no passado que, quando a oposição queria nos derrubar, quem nos sustentou foi o povo brasileiro”, disse. Questionada se Lula ingressaria com a representação no TSE, Dilma declarou que isso deve ser perguntado a ele. “Isso fica a critério dele”, afirmou.

 

Fonte: G1

+ sobre o tema

Taxação dos super-ricos tem que ser encarada de frente, diz Neca Setubal

Maria Alice Setubal diz que não saiu ilesa daquele 2014....

Salário menor na advocacia é mais frequente entre mulheres e negros

A proporção de advogados na menor faixa salarial da...

Lei que implantou escola cívico-militar em SP fere modelo educacional previsto na Constituição, diz PFDC

A Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão (PFDC), órgão...

para lembrar

Centrais se unem para repudiar Bolsonaro, ‘anti-trabalhador e antidemocrático’

Entidades destacam "sua já conhecida postura contra a organização...

Autoritarismo verde e amarelo

“Sobre o autoritarismo brasileiro” é um livro de Lilia...

Mais rápido do que o Super-Homem

Passados os 50 anos do golpe militar a coluna...

Eleições 2010: Marina mira mulheres, cristãos e classes C e D

PV traça estratégia para dar visibilidade à senadora em...

Ação enviada ao STF pede inconstitucionalidade de escolas cívico-militares em SP

Promotores e defensores públicos encaminharam ao Supremo Tribunal Federal (STF) nesta quarta-feira (5) um pedido para tornar inconstitucional a lei estadual que criou as...

Nova identidade tem CPF como número principal, QR code e abriga dados de outros documentos

O governo federal quer acelerar a corrida para digitalizar a identidade dos brasileiros. A nova CIN (Carteira de Identidade Nacional) representa o fim do RG e da impressão...

ONU pede que Brasil legalize aborto e denuncia ‘fundamentalismo religioso’

Alertando sobre o avanço do que chamou de "fundamentalismo religioso" no Brasil, um dos principais órgãos da ONU que lida com a situação da...
-+=