Debate na TV na terça terá candidatos ao Senado por SP

O jornal O Estado de S. Paulo e a TV Gazeta promovem na próxima terça-feira, a partir das 23 horas, debate com os candidatos que disputam o Senado por São Paulo. O encontro será transmitido pela emissora, pelas Rádios Eldorado e Gazeta e pelos portais estadão.com.br e tvgazeta.com.br.

Pelas regras do encontro, aprovadas pelas campanhas, participariam os seis concorrentes mais bem posicionados na pesquisa Ibope/Estado/TV Globo, divulgada no dia 4 de setembro. Com a desistência de Orestes Quércia (PMDB) e devido à internação de Romeu Tuma (PTB), quatro candidatos estão aptos a participar: Marta Suplicy (PT), Netinho de Paula (PC do B), Aloysio Nunes (PSDB) e Ciro Moura (PTC). Os demais candidatos fizeram um acordo com a TV Gazeta e com o Estado e concederam entrevistas que serão veiculadas na emissora e ficarão disponíveis no site estadão.com.br.

O debate entre os candidatos ao Senado é o terceiro encontro promovido em parceria entre a Gazeta e o Estado. No dia 24 de agosto, a emissora e o jornal reuniram os candidatos ao governo de São Paulo. Os presidenciáveis participaram de encontro no dia 8 de setembro. O destaque negativo foi a ausência da candidata Dilma Rousseff (PT), que alegou problemas de agenda e não compareceu. O Estado também saiu na frente e foi o primeiro a promover debate entre os candidatos a vice-presidente.

Na próxima terça, os concorrentes ao Senado terão 90 minutos para discutir suas ideias e propostas. O debate terá quatro blocos e será mediado por Maria Lydia Flandoli. No primeiro e no terceiro blocos, os candidatos responderão a perguntas formuladas por outro candidato. A âncora sorteará o nome de quem vai perguntar e de quem responderá à questão. No segundo bloco, os candidatos responderão a perguntas relativas a um dos temas previamente determinados, como saúde, educação, transporte e segurança. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

+ sobre o tema

Salve Zumbi e João Cândido, o mestre sala dos mares

Por Olívia Santana   Há 15 anos, após uma grande marcha...

Olimpíadas de Tóquio devem ser novo marca na luta por igualdade

Os Jogos Olímpicos da Cidade do México, em 1968,...

Lei 13.019: um novo capítulo na história da democracia brasileira

Nota pública da Associação Brasileira de Organizações Não Governamentais...

para lembrar

Estudo mostra impactos do Bolsa Família na redução da violência

  A redução da desigualdade com o Bolsa Família está...

São Paulo: Grupo apresenta a “Benção do Olodum” e sucessos da carreira

São Paulo: Grupo apresenta a "Benção do Olodum" e...

Por unanimidade, Câmara aprova PEC que acaba com voto secreto; proposta vai para o Senado

Por unanimidade e em votação aberta, os deputados federais...

Obama mantém vantagem sobre republicano Mitt Romney em estados chave

    Washington - O presidente americano Barack Obama mantém uma...

Fim da saída temporária apenas favorece facções

Relatado por Flávio Bolsonaro (PL-RJ), o Senado Federal aprovou projeto de lei que põe fim à saída temporária de presos em datas comemorativas. O líder do governo na Casa, Jaques Wagner (PT-BA),...

Morre o político Luiz Alberto, sem ver o PT priorizar o combate ao racismo

Morreu na manhã desta quarta (13) o ex-deputado federal Luiz Alberto (PT-BA), 70. Ele teve um infarto. Passou mal na madrugada e chegou a ser...

Equidade só na rampa

Quando o secretário-executivo do Ministério da Justiça e Segurança Pública, Ricardo Cappelli, perguntou "quem indica o procurador-geral da República? (...) O povo, através do seu...
-+=