Decisão da Justiça liberta suspeito de racismo preso com neonazista

João Matheus Vetter de Moura, de 20 anos, suspeito de crime de racismo, foi solto na noite da última quarta-feira (25), após conseguir um álvara de soltura da Justiça. Moura foi detido junto com o neonazista Antonio Donato Baudson Peret, que teria agredido um morador de rua em Belo Horizonte. Ele estava preso no Ceresp São Cristóvão.

Além dos dois, Vinícius Garcia Cunha, de 36 anos, também faria parte do grupo. Além do crime de racismo, eles respondem por formação de quadrilha. Cunha permanece detido.

Peret foi preso após se envolver em polêmicas por meio das redes sociais depois que uma foto dele agredindo um andarilho ganhou repercussão. Ele foi encontrado em Americana, no interior de São Paulo e atualmente está na Penitenciária Nelson Hungria, em Contagem, na Grande BH. Segundo a delegada Paloma Kairala, responsável pelo caso, os suspeitos publicavam imagens de teor racista na internet.

Agressão

De acordo com a delegada, há pelo menos dez boletins de ocorrência que apontam a participação do trio em agressões a homossexuais e negros em Belo Horizonte. Essas ocorrências, no entanto, serão investigadas pelas delegacias responsáveis pelas regiões onde foram registradas.

 

 

Jovem rico erra. “Menor” pobre comete crime

Neonazista que divulgou fotos racistas na internet culpa imprensa por prisão

Neonazista suspeito de racismo apanha na prisão e nega crimes

A onda Bolsonaro e o despertar do neonazismo

No Sul, neonazistas queriam criar um novo país

Neonazista alemã indiciada por vários homicídios racistas

 

Fonte: R7

+ sobre o tema

AfroReggae encerra atividades no Complexo do Alemão

  A Organização Não Governamental (ONG) AfroReggae decidiu...

Ninguém nasce racista

O racismo limita e impede o desenvolvimento de crianças...

“O racismo estrutural está disseminado na sociedade brasileira”, diz Toffoli

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias...

para lembrar

Homicídios de negras crescem enquanto os de brancas caem

Mapa da Violência aponta alta de 54% nas mortes...

Todos os pretos se parecem, feat. Serena Williams

Acontece quando te dizem que você é parecida com...

Os justiceiros do Flamengo e a jovem negra que protegeu um neonazi de ser espancado pela turba

por Marcos Sacramento A atitude de uma adolescente negra nos anos...

Deputado defende cotas para afro descendentes

Fonte: Grupo de Trabalho de Ação Social - ...
spot_imgspot_img

Futuro da gestão escolar

A educação pública precisa de muitos parceiros para funcionar. É dever do Estado e da família, com colaboração da sociedade, promover a educação de todas as...

Educação para além dos muros da escola

Você pode fornecer escolas de qualidade para os mais pobres e, mesmo assim, talvez não veja a mudança na realidade do país que se...

Criança não é mãe

Não há como escrever isto de forma branda: nesta quarta-feira (12), a Câmara dos Deputados considerou urgente discutir se a lei deve obrigar crianças vítimas de estupro à...
-+=