Início África e sua diáspora Patrimônio Cultural Deixado de fora da Semana de 22, Lima Barreto é celebrado por...

Deixado de fora da Semana de 22, Lima Barreto é celebrado por nomes como Lázaro Ramos, Conceição Evaristo e Djamila Ribeiro

Campanha realizada pela Universidade de Princeton e pela editora Companhia das Letras pretende demonstrar a atualidade do escritor; leitores poderão baixar e-book gratuitamente.

Neto de escravos, Lima Barreto só teve seu trabalho reconhecido após sua morte, e hoje é considerado um dos maiores autores brasileiros / Reprodução

O Brazil LAB da Universidade de Princeton (EUA) e a editora Companhia das Letras lançam nessa próxima quarta-feira (16), no Brasil e nos Estados Unidos, a campanha Espalhe Lima.

A iniciativa inaugura os eventos pelo centenário de morte do escritor e demonstra a atualidade do autor carioca deixado de fora da Semana de Arte Moderna. A vida e obra de Lima Barreto iluminam, de forma visceral, dilemas contemporâneos como racismo, exclusão social, valores republicanos e democráticos.

A campanha, que também tem como objetivo difundir a obra de Lima Barreto no exterior, começa em meio às comemorações pelos cem anos da Semana de 22, e segue até novembro, data de morte do escritor.

Ao longo desse período, a cada mês um texto de Lima Barreto será lido/interpretado por personalidades, artistas e intelectuais negros e negras de diversas nacionalidades.

Os vídeos, que terão legendas em inglês, serão disponibilizados em uma plataforma especialmente desenvolvida para a campanha: www.espalhelima.com.br

Entre os nomes que darão voz aos textos de Lima Barreto estão: Lázaro Ramos, Conceição Evaristo, Sílvio Almeida, Elisa Lucinda e Hilton Cobra. 

A filósofa Djamila Ribeiro abre a plataforma Espalhe Lima lendo o conto “Clara dos Anjos”. O lançamento irá acontecer durante o evento Múltiplos Modernismos, com Luís Augusto Fischer e Lilia Schwarcz, às 18h30 de Brasília, no canal do Brazil LAB no YouTube

A campanha, que nos Estados Unidos ganhou o título de Hearing Lima, termina em 1º de novembro, com a remontagem da leitura e biografia do escritor, apresentada por Lilia Schwarcz e Lázaro Ramos na Flip 2017.

-+=