terça-feira, julho 5, 2022
InícioÁfrica e sua diásporaEntretenimentoDenzel Washington fala pela primeira vez sobre tapa de Will Smith em...

Denzel Washington fala pela primeira vez sobre tapa de Will Smith em Chris Rock no Oscar: ‘Quem somos nós para condenar?’

Ator de 'A tragédia de Macbeth' foi citado no discurso de agradecimento do ganhador do Oscar por apaziguado os ânimos no intervalo

Fonte: O Globo

Uma das pessoas a conversar com Will Smith e Jada Pinkett Smith no intervalo após o tapa do ator em Chris Rock no Oscar 2022, Denzel Washington falou pela primeira vez sobre o acontecido no painel do pastor T.D. Jakes, num evento internacional de liderança realizado no último sábado. O ator, de 67 anos, explicou por que foi ajudar a família Smith naquela noite e evitou condenar o ato do colega.

“De jeito nenhum ficaria sentado no meu lugar. Esse não sou eu”, disse o americano, também indicado ao Oscar na categoria de melhor ator naquela noite, por “A tragédia de Macbeth. “Há um ditado (que diz) quando o diabo te ignora, então você sabe que está fazendo algo errado. O diabo diz: ‘Ah, não, deixe-o em paz, ele é o meu favorito.’ Por outro lado, quando o diabo vem até você, talvez seja porque ele está tentando fazer algo certo. E por alguma razão, o diabo o pegou (Will Smith) naquela noite. Quem somos nós para condenar? Não conheço todos os meandros desta situação, mas sei que a única solução era a oração, do jeito que eu vi, do jeito que eu vejo.”

No discurso de agradecimento do prêmio, Will Smith chegou a dizer o que veterano falou depois do tapa: “Denzel me disse alguns minutos atrás, no seu momento mais alto, tenha cuidado, é quando o diabo vem para você”.

Fora da Academia

Dias depois do episódio, Will Smith renunciou à Academia de Artes e Ciências Cinematográficas. Isso quer dizer que ele não pode mais votar nas produções inscritas ao prêmio, além de não poder participar de eventos exclusivos, por exemplo. Porém, a saída do ator não significa que ele não possa mais concorrer ao Oscar.

Segundo a revista “The Hollywood Reporter”, após a confusão, a Netflix optou por interromper temporariamente a produção de “Fast and Loose”, filme estrelado pelo ator.

 

Artigos Relacionados
-+=