Depois de dar entrevista para jornal, jovem negro recebe ataque racista por carta

Leonne Gabriel, estudante de jornalismo da PUC-RJ, foi personagem de uma matéria do jornal O Globo sobre preconceito na universidade; dias depois recebeu uma correspondência em sala de aula. Dentro do envelope havia a página do jornal em que aparece com ofensas racistas

Do Revista Fórum

Foto: reproduzida/Facebook

“Não é só na FGV que alunos negros são alvo”. Assim o estudante de jornalismo da PUC-Rio, Leonne Gabriel, inicia o seu relato sobre o ataque racista que recebeu na segunda-feira (12).

O jovem contou que estava em sala de aula quando uma funcionária da universidade o chamou para entregar uma correspondência que havia chegado em seu nome. Dias antes, o estudante foi personagem de uma matéria do jornal O Globo que falava justamente sobre o preconceito vivido por alunos cotistas em universidades privadas. Por conta da repercussão positiva da reportagem, Leonne achou, a princípio, que seria “algo bom” relacionado à matéria, mas quando abriu o envelope, se deparou com a folha do jornal em que aparece sua foto com frases racistas escritas a caneta.

“Quando desdobrei o jornal recebi de peito aberto os golpes racistas. Fiquei em estado de choque e atordoado. Li e reli sem acreditar as seguintes frases: ‘Porra! cara, com um cabelo desses queria o que?’ e como se não bastasse mais uma ‘Ser preto nenhum problema, mas esse cabelo? PQP!’”, escreveu o jovem em uma postagem no Facebook que já tem mais de 700 compartilhamentos.

“O ataque racista por uma carta mostra ideias velhas que são muito atuais. Um museu de novidades!”, pontuou Leonne.

Confira, abaixo, a íntegra do relato.

 

+ sobre o tema

Leci Brandão sai em defesa da Vai-Vai: ‘Nenhuma instituição está acima da crítica’

'A crítica social é necessária na medida em que...

Nota de esclarecimento GRCSES VAI-VAI

Em 2024, a escola de samba Vai-Vai levou para...

Moção de solidariedade da UNEGRO ao Vai Vai 

A União de Negras e Negros Pela Igualdade (UNEGRO),...

para lembrar

Rodada contra Racismo

Neste final de semana, a Confederação Brasileira de Futebol...

Olivier Rousteing: ‘A moda é racista’

Único negro à frente de uma grife de luxo,...

Tribunal de Londres processa zagueiro John Terry por racismo

LONDRES, Reino Unido — O capitão da seleção inglesa...

Procon-SP notifica shopping após mãe denunciar racismo

O Procon-SP notificou ontem o Bourbon Shopping São Paulo...
spot_imgspot_img

Quanto custa a dignidade humana de vítimas em casos de racismo?

Quanto custa a dignidade de uma pessoa? E se essa pessoa for uma mulher jovem? E se for uma mulher idosa com 85 anos...

Unicamp abre grupo de trabalho para criar serviço de acolher e tratar sobre denúncias de racismo

A Unicamp abriu um grupo de trabalho que será responsável por criar um serviço para acolher e fazer tratativas institucionais sobre denúncias de racismo. A equipe...

Peraí, meu rei! Antirracismo também tem limite.

Vídeos de um comediante branco que fortalecem o desvalor humano e o achincalhamento da dignidade de pessoas historicamente discriminadas, violentadas e mortas, foram suspensos...
-+=