Empresa é acusada de racismo ao fazer festa que brinca com a escravidão

Uma cerimonialista postou fotos de um ensaio para uma festa de 15 anos de uma jovem de Belém (PA) cujo tema era “imperial garden”, com negros fantasiados de escravo servindo a debutante. Produção gerou revolta entre internautas, que enxergaram racismo: “Brincam com a nossa dor”

Do Revista Fórum

Reprodução/Facebook

Uma cerimonialista teve que vir a público, pedir desculpas, assumir o erro e apagar uma postagem depois das milhares de acusações de racismo de internautas. Lorena Machado, dona de uma empresa que promove festas em Belém (PA), postou em suas redes sociais as fotos de um ensaio de uma festa de 15 anos de uma jovem da região. O tema da produção era “imperial garden”, e contava com pessoas negras agindo como escravos ao servir a debutante, que é branca.

A denúncia de racismo começou a se espalhar com a postagem de uma internauta negra, na manhã desta quinta-feira (15), que viralizou nas redes.

“Foi feita uma festa de 15 anos com um tema relacionado a escravidão. Está no Instagram e eu estou completamente assustada. O rosto da menina foi cortado por ser menor de idade e esse é o perfil da cerimonialista.  Sem palavras, completamente. Nome da festa: Imperial Garden. Vocês brincam com nossa dor e depois vem dizer que foi ’em querer’ ou uma ‘homenagem’. Vai se fuder”, escreveu uma usuária do Facebook. A postagem já ultrapassou os 20 mil compartilhamentos.

+ sobre o tema

Nath Finanças entra para lista dos 100 afrodescendentes mais influentes do mundo

A empresária e influencer Nathalia Rodrigues de Oliveira, a...

Ministério da Igualdade Racial lidera ações do governo brasileiro no Fórum Permanente de Afrodescendentes da ONU

Ministra da Igualdade Racial, Anielle Franco, está na 3a sessão do...

Crianças do Complexo da Maré relatam violência policial

“Um dia deu correria durante uma festa, minha amiga...

Concurso unificado: saiba o que o candidato pode e não pode levar

A 20 dias da realização do Concurso Público Nacional...

para lembrar

Bye Bye Biel! Cantor anuncia que dará uma pausa na carreira

Biel tem 21 anos e sua carreira musical tem...

Relatório dos EUA critica Brasil por uso de trabalho escravo

Relatório do governo americano critica o Brasil por não...
spot_imgspot_img

Toussaint Louverture, o general negro que libertou o Haiti

Toussaint Louverture liderou a revolução haitiana que conquistou a libertação de dezenas de milhares de escravos negros da antiga colônia francesa no Haiti e abriu caminho...

Passeio pela mostra “Um defeito de cor”, inspirada no livro de Ana Maria Gonçalves

"Eu era muito diferente do que imaginava, e durante alguns dias me achei feia, como a sinhá sempre dizia que todos os pretos eram...

Caso de dona Maria de Moura pede urgência no combate ao crime de escravidão

Quantas pessoas brancas alguém aqui conhece que passou um, dez, 20, 40, 72 anos em regime análogo à escravidão? Tenho curiosidade em saber. Conte-me nos...
-+=