sábado, fevereiro 4, 2023
InícioEm PautaDilma diz que Brasil precisa erradicar a pobreza para ser uma potência

Dilma diz que Brasil precisa erradicar a pobreza para ser uma potência

SÃO PAULO – A pré-candidata à presidência da República, Dilma Rousseff, disse que o Brasil precisa erradicar a pobreza e tornar-se a quinta potência econômica do planeta. Ela falou hoje (31) durante evento organizado pela revista Exame em São Paulo.

Dilma falou sobre o tema Brasil, 5ª economia mundial: como chegar até lá? Em seu discurso, a pré-candidata voltou a elogiar a política econômica adotada pelo governo e falou dos desafios que o Brasil deve enfrentar nos próximos anos para se consolidar como quinta potência do mundo.

“Tem de ter uma medida social muito forte. Essa medida é a erradicação da miséria no Brasil. Ninguém chega a ser uma economia desenvolvida sem perseguir isso. Acho que noso objetivo para ser uma economia desenvolvida não pode ser apenas uma taxa de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB). No caso do Brasil, é erradicar a pobreza, não tenha dúvida disso”.

Segundo Dilma, o Brasil já tirou 24 milhões de pessoas da pobreza, mas ainda precisa retirar 53 milhões. E isso, disse ela, deve começar a ser feito a partir do próximo ano.

Dilma também falou da necessidade de o Brasil criar outros mecanismos de financiamento, Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), “sobretudo, por meio de financiamento privado de longo prazo”.

“Não conseguiremos garantir o funding, para fazer uma expansão grande na área de infraestrutura, sem a presença de fundos de pensão atuando de uma forma mais forte”.

As vantagens do Brasil para se tornar uma potência, segundo Dilma, são a grande capacidade de energia renovável, o fato de o país ser um grande produtor de alimentos e também de ter descoberto o pré-sal. Ela também destacou a democracia.

“A primeira grande vantagem que temos de consolidar é o fato de que, entre os emergentes, somos um país democrático. E temos de incentivar e aprofundar e garantir que as características democráticas do Brasil se ampliem. Uma delas é a liberdade de opinião, de expressão, de imprensa e de organização”.

Dilma também falou da expansão do crédito no país, chegando a 70% do Produto Interno Bruto (PIB) até 2014. Ela também destacou como desafios para o Brasil a mobilidade social, com inclusão de renda; uma política voltada para afastar os jovens das drogas, especialmente do crack, e do crime organizado; a realização das reformas tributária e política; uma “política clara de banda larga para todo o país” e sobre habitação.Elaine Patricia Cruz, Agência Brasil,18:00,31/05/2010,Postado por Kelly Girão.

Fonte: Blog da Dilma

Artigos Relacionados
-+=
PortugueseEnglishSpanishGermanFrench