Guest Post »
Documentário “Minha avó era palhaço”, que conta a trajetória da primeira palhaça negra no Brasil, será exibido neste domingo (20/5), no Sesc Campo Limpo
Créditos da foto: Reprodução/Youtube

Documentário “Minha avó era palhaço”, que conta a trajetória da primeira palhaça negra no Brasil, será exibido neste domingo (20/5), no Sesc Campo Limpo

A história da primeira palhaça negra no Brasil, Xamego – que era interpretada por Dona Maria Eliza Alves –, resultou no documentário “Minha avó era palhaço”. Com direção de Ana Minehira e Mariana Gabriel, que é neta da artista homenageada, a produção conta a história de um palhaço homem, representado por Maria Eliza, no início da década de 40, no Circo Guarany.

Do  Negro Belchior

Reprodução/Youtube

Desde o lançamento do documentário, em 2016, os organizadores promovem exibições e discussões sobre o conteúdo da produção. A memória do circo brasileiro, o protagonismo negro nas artes, a trajetória dos palhaços e a relação da mulher com a comédia são algumas das pautas abordadas durante o encontro. Além do bate-papo, o público também pode conferir uma performance da palhaça Birota, que é encenada pela diretora e neta de Maria Eliza, Mariana Gabriel.

Se você quer conferir de perto o documentário e participar de uma roda de conversa com as diretoras e a filha do palhaço Xamego e pesquisadora do projeto “Xamego, A Primeira Palhaça Negra do Brasil”, Daise Alves dos Reis Gabriel, o Sesc Campo Limpo realizará uma sessão gratuita do filme neste domingo, 20/5, às 11h30.

Confira o trailer do documentário “Minha avó era palhaço

Artigos relacionados