DPU entra na apuração sobre denúncias de violência contra os Yanomami

A investigação também tem o intuito de combater o garimpo ilegal na região

As recentes denúncias de um estupro seguido de morte de uma menina Yanomami de 12 anos, da comunidade Aracaçá, por garimpeiros da região, levou a Defensoria Pública da União (DPU) a entrar na apuração do caso. A investigação também tem o intuito de combater o garimpo ilegal na região.

“Nós estamos trabalhando em conjunto com as demais autoridades locais para os esclarecimentos dos fatos e proteção da comunidade indígena Ianomâmi. A DPU, como instituição essencial à justiça, é um instrumento do regime democrático e tem a incumbência constitucional de promoção dos direitos humanos e a defesa irrestrita dos direitos individuais e coletivos aos vulneráveis”, afirmou a defensora pública federal Maria Pilar Prazeres de Almeida, que atua no estado.

A investigação não se limita à representação em Roraima e acontece em conjunto com o Grupo de Trabalho Indígena da DPU e a Secretaria Geral de Articulação Institucional da DPU. O órgão também acompanha a ADPF n° 709, que está pendente de decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), e dispõe sobre dever de isolamento de invasores de terras indígenas.

Indígenas fugiram da aldeia

De acordo com Júnior Hekurari Ianomâmi, presidente do Conselho Distrital de Saúde Indígena e Ye’kuana (Condisi-YY), relatos indicam que os ianomâmis fugiram após o estupro e estão escondidos na floresta. 

+ sobre o tema

Nova identidade tem CPF como número principal, QR code e abriga dados de outros documentos

O governo federal quer acelerar a corrida para digitalizar...

ONU pede que Brasil legalize aborto e denuncia ‘fundamentalismo religioso’

Alertando sobre o avanço do que chamou de "fundamentalismo...

Trump se torna 1º ex-presidente condenado em ação criminal na história dos EUA

Donald Trump se tornou o primeiro ex-presidente considerado culpado pela...

Um compromisso nacional

Alfabetizar todas as crianças foi colocado desde o início...

para lembrar

Obama inaugura monumento em homenagem a Martin Luther King

Milhares se reuniram na capital dos EUA para lembrar...

No Rio, Covid-19 mata mais na Zona Oeste e em trecho da Zona Norte; veja números

"Eu estou aqui no banheiro, sozinha. Não tem ninguém...

Nota pública : autoridades devem ser ágeis e transparentes no atendimento às vítimas de Brumadinho

Conectas se solidariza com todas as pessoas atingidas e...

Outras impressões, manifestações livres sobre qualquer assunto – Chico Cesar

Domingo assisti a uma apresentação maravilhosa de Chico César,...

Mapa aponta que quase meio milhão de cariocas passam fome

A insegurança alimentar grave é realidade em 7,9% das casas na capital fluminense. Em números absolutos, são 489 mil pessoas que passam fome. Cerca de 2 milhões de cariocas convivem...

STF intima governo de SP a se manifestar em ação sobre edital de câmeras

O presidente do STF, Luís Roberto Barroso, intimou o governo de São Paulo a se manifestar em até 72 horas sobre ação que questiona edital que...

Alfabetização de crianças retoma nível pré-pandemia, mas quase metade de alunos no 2º ano ainda não sabe ler e escrever

O governo federal afirmou nesta terça-feira que 56% das crianças alcançaram em 2023 o patamar de alfabetização registrado no período pré-pandemia, em 2019. Com...
-+=