Guest Post »

Em Gana, Charles reconhece papel do Reino Unido no tráfico de escravos

“A terrível atrocidade do tráfico de escravos e o sofrimento inimaginável que causou deixaram uma mancha indelével na História do nosso mundo”, disse

Do Noticias ao Minuto

© REUTERS / Francis Kokoroko (Foto de arquivo)

O Príncipe Charles está fazendo parte de uma visita a Gana. Entre as declarações, o representante da monarquia britânica reconheceu o papel do país no tráfico de escravos, o qual classificou como “uma mancha indelével na História do nosso mundo” e que é uma “profunda injustiça” que não deve ser esquecida. As informações são do jornal “O Globo”

“No Castelo de Osu, foi especialmente importante para mim, como foi na minha primeira visita 41 anos atrás, reconhecer o capítulo mais doloroso nas relações de Gana com os países da Europa, incluindo o Reino Unido”, disse, se referindo a visita feita ao local dois dias antes. No Castelo, aproximadamente 1,5 milhão de africanos foram vendidos.

“A terrível atrocidade do tráfico de escravos e o sofrimento inimaginável que causou deixaram uma mancha indelével na História do nosso mundo”, completou.

Charles ainda afirmou que “Embora o Reino Unido possa se orgulhar de liderar o caminho na abolição deste comércio vergonhoso, temos uma responsabilidade compartilhada de garantir que esse horror desprezível da escravidão nunca seja esquecido”

Artigos relacionados