domingo, setembro 19, 2021
InícioQuestão RacialCasos de RacismoEmbu das Artes terá ato contra o Racismo

Embu das Artes terá ato contra o Racismo

Na madrugada do último dia 17 de março, Ivan Romano, 43 anos, foi brutalmente espancado por 2 indivíduos no Centro de Embu das Artes, por puro RACISMO. Isso é inaceitável!

Embu das Artes está entre as 100 cidades com a maior população negra em números absolutos, além de carregar o simbolismo da cultura negra reconhecido nacionalmente e internacionalmente, principalmente pela presença de Solano Trindade que escolheu nossa cidade para morar por muitos anos.

O caso de Ivan infelizmente não é o único e desde o final do ano passado tivemos casos emblemáticos com repercussão na grande mídia. No início de dezembro de 2011, todos souberam do caso de Ester Elisa da Silva Cesário, negra, de 19 anos, que trabalhava como estagiária no Colégio Internacional Anhembi Morumb,i até que sua chefe exigiu que ela alisasse o cabelo para permanecer no emprego. Pouco depois, um menino etíope, de seis anos, foi jogado para fora do restaurante Nonno Paolo ao ser “confundido” com uma criança de rua.

Já no início deste ano, soubemos da lamentável história do jovem negro Michel Silveira, que foi preso de forma irregular, ficando dois meses encarcerado, acusado injustamente por um assalto, apesar de várias testemunhas comprovarem que, na hora do roubo, ele estava em seu local de trabalho.

 

 

No mesmo período, as imagens de outro jovem negro, Nicolas Barretos, sendo agredido por um policial militar racista, dentro da USP, ganharam as redes sociais expondo algo que já se sabe: a USP quer se manter como um espaço da elite (ou seja, branco). E para tal, está, inclusive, ameaçando de fechamento a principal entidade de combate ao racismo no seu interior: o Núcleo de Consciência Negra.

Esses são alguns exemplos que tiveram repercussão, mas sabemos que o Racismo permeia o cotidiano de nossa sociedade. 124 anos após a abolição da escravatura, a população negra continua em situação de maior vulnerabilidade social, ocupando os piores postos de trabalho, com baixo acesso a universidade e sendo principal vítima da violência.

O mapa da violência 2011 aponta que a cada 3 jovens mortos 2 são negros e que o assassinado de jovens brancos diminuiu em 23,3%, enquanto dos jovens negros aumentou em 13,2%.

Neste sentido, casos como o de Ivan Romano são emblemáticos para que possamos denunciar o Racismo e dialogar com a sociedade e, principalmente, com as autoridades públicas a necessidade de políticas efetivas de combate ao racismo.

EXIGIMOS UMA PUNIÇÃO EXEMPLAR AOS AGRESSORES!

Assinam:

Círculo Palmarino

Movimento Salve Embu das Artes

Zumaluma

Uneafro-Brasil

MNU

MTST

Apeoesp de Taboão da Serra

Comissão Independente de Professoras ADIs de Taboão da Serra

Movimento Quilombo Raça e Classe

Comitê Contra o Genocídio do Povo negro

Levante Popular da Juventude

Maria Mariá

Fora de Freqüência

Rede de Educação Cidadã

Afonso Comitê de Luta Contra a Corrupção em Taboão da Serra

Miguel Leme coordenador da Subsede Apeoesp Taboão da Serra

DJ Luiz Lobato – Projeto Mercado Hip Hop

King Nino Brown – Zulu Nation Brasil

Bob Controvérsia – MH2R Guarulhos

Jéssica Balbino – Jornalista (Minas Gerais)

Banda ZAPP COVER

Flash Rádio – Web Rádio

Banda Veja Luz

DJ Sandro Lobato – Projeto Mercado Hip Hop

Débora Lima – Estudante – liderança juvenil

Francisco Thales – Estudante – Liderança juvenil

André Henrique – Estudante – Liderança Juvenil

DJ Cacau – Bar do Cacau

MC Tunga – União Rap

DJ M3 – Equipe de som Big Black Music

DJ Marciano – Danceteria Black and White

W-Ton – ALOPRADOS – Equipe de Grapixo

Isael Alves – FRS

Patricia Sidéria Souza – Empresária (Balneário Cambouriú – SC)

Juliana Pas – Fisioterapeuta (Porto Alegre RS)

DJ Noh – Produtor Musical – (Capão Redondo)

Grupo Soul Lene – (Capão Redondo)

Guerrillero Kulto – Hiphoplogia (Chile)

Vanessa Zulu Ness – Zulu Nation (Califórnia EUA)

Mex Tape – MC (Califórnia EUA)

Jean Melesaine – Jornalista (Califórnia EUA)

Mc Yourekuba – Hip Hop (Califórnia)

Greg Jackson – Banda ZAPP – (OHIO EUA)

Woddy Funky – Talk box girl (Tokio – Japão)

 

 

Fonte: Jornal na Net

RELATED ARTICLES