Encontros no parque: cultura afro-brasileira na educação

A segunda oficina de novembro dos Encontros no parque: cultura afro-brasileira na educação, que será realizada no dia 21/11, das 9h às 13h, no Parque da Água Branca (SP), terá como tema A valorização da cultura afro-brasileira e a capoeira. 

Enviado por Felipe Ibrahim via Guest Post para o Portal Geledés

Com realização da Plataforma do Letramento, da Editora Peirópolis e do Espaço de Leitura, o encontro convida a cineasta, escritora de temas afro-brasileiros e autora do livro Num tronco de Iroko vi a Iúna cantar, Erika Balbino. Os presentes ganharão 5 livros da Editora Peirópolis, dentre eles, o de autoria da palestrante, bem como um certificado de participação.

Qualquer educador interessado no tema pode se inscrever de forma gratuita pelo botão abaixo. São ao todo 30 vagas disponíveis.

botao_inscricao

20151116111853-boxproximosencontros

II Encontro – A valorização da cultura afro-brasileira e a capoeira
Este encontro mostrará aos educadores como a capoeira está inserida em vários nichos da sociedade sem que se tenha verdadeira percepção disso. Por meio de figuras lendárias de religiões de matriz africana, que marcaram profundamente o desenvolvimento da cultura brasileira, inclusive a prática da capoeira e seus instrumentos de percussão, que podem ser usados como atividades em sala de aula como referências. A apresentação também abordará a São Paulo negra.

20151116111503-erica.balbino

Sobre a ministrante
Erika Balbino nasceu na cidade de São Paulo. Formou-se em Cinema com especialização em Roteiro na Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP) e é pós-graduada em Mídia, Informação e Cultura pelo Centro de Estudos Latino-Americanos sobre Cultura e Comunicação da Universidade de São Paulo (Celacc/USP). Além de seu envolvimento na cultura afro-brasileira e na umbanda, joga capoeira há catorze anos e desenvolve projeto de pesquisa sobre essa prática na capital paulista. Atualmente está à frente da agência Baobá Comunicação, Cultura e Conteúdo.

Seu livro publicado pela Editora Peirópolis, Num tronco de Iroko vi a Iúna cantar, foi recentemente escolhido pela Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil (FNLIJ) para representar o Brasil na Feira do Livro para Crianças de Bolonha e na Bienal do Livro de Paris.

20151116112250-erica.balbinoboxendereco_2

+ sobre o tema

Hamilton vence na Alemanha com direção arrojada na McLaren

O piloto inglês Lewis Hamilton da McLaren guiou de...

Estatuto da Igualdade Racial

COMISSÃO ESPECIAL DESTINADA A PROFERIR PARECER AO PROJETO...

A CONEN e a conjuntura política

Os desafios da luta de combate ao racismo no...

Filme da produtora de Michelle e Barack Obama estreia em Hollywood

O ex-presidente dos Estados Unidos Barack Obama e a mulher...

para lembrar

spot_imgspot_img

Mães e Pais de Santo criam rede de solidariedade para apoiar comunidades de matriz africana afetadas no Sul

Quando a situação das enchentes se agravou no Rio Grande do Sul, Ialorixás e Babalorixás da cidade de Alvorada, região metropolitana de Porto Alegre,...

Iza anuncia que terá uma menina e o nome será Nala

O primeiro bebê de Iza e Yuri Lima já teve o sexo revelado: será uma menina. A cantora contou a novidade aos fãs na noite desta segunda-feira (13),...

6 brasileiros que lutaram pelo fim da escravidão no Brasil

O fim da escravidão no Brasil completa 136 anos em 13 de maio deste ano. Em 1888, a princesa Isabel, filha do imperador do Brasil Pedro 2º,...
-+=