Escola de Enfermagem recebe diálogos sobre racismo institucional

O terceiro encontro do II Ciclo de Diálogos – 70 anos da declaração de Direitos Humanos: Trajetórias Negras na Universidade, acontece quinta-feira, 21 de junho. A atividade acontecerá no Anfiteatro Laís Netto, da Escola de Enfermagem, a partir das 14 horas. O encontro encerra o ciclo com a temática Racismo Institucional. A entrada é livre.

Do Enfermagem UFMG

Divulgação/Geledés

Participam do diálogo a cientista política e coordenadora geral da Federação Nacional de Associações de Pessoas com Doença Falciforme – Fenafal, Maria Zenó Soares da Silva; o presidente da Unegro-MG e estudante de Ciências do Estado na UFMG, Alexandre Braga; e a pedagoga, mestranda da Faculdade de Educação UFMG, militante do movimento social negro e da luta anti-prisional (Belo Horizonte), Miriam Laxuquê.

O II Ciclo de Diálogos – Racismo Institucional é proposto com o intuito de aproximar e fortalecer lutas, movimentos sociais e academia. A metodologia do Ciclo de Diálogos, busca não somente, circular entre assuntos diferentes, agrupados em uma temática principal, mas também o transitar entre os espaços acadêmicos e locais onde se desenvolvem as atividades dos movimentos sociais e a consolidação de lutas.

A ação é organizada pelo Programa Transdisciplinar Polos de Cidadania, da Faculdade de Direito, da UFMG em parceria com o Enfrentando o Racismo, projeto do Centro de Educação e Apoio para Hemoglobinopatias – Cehmob-MG (Nupad/Hemominas).

Palestrantes:
Maria Zenó Soares da Silva é cientista política, coordenadora geral da Federação Nacional de Associações de Pessoas com Doença Falciforme – Fenafal. Presidenta da Dreminas -Associacao de pessoas com doença falciforme do Estado de Minas Gerais; assessora técnica de políticas de promoção de igualdade racial da prefeitura municipal de Contagem. Membra da comissão de assistência farmacêutica é tecnologias do ministério da Saúde e de Câmara de assessoramento de doença falciforme do MS. Membra do comité técnico saúde da população negra do MS.

Alexandre Braga é presidente da Unegro-MG e estudante de Ciências do Estado na UFMG. Fez parte da comissão de estudantes que entregou a carta de denúncia de fraldes de cotas raciais na UFMG.

Miriam Laxuquê é pedagoga, mestranda da Faculdade de Educação UFMG, militante do movimento social negro e da luta anti-prisional (Belo Horizonte)

Polos de Cidadania
Programa da Faculdade de Direito da Universidade Federal de Minas Gerais, o Polos de Cidadania visa aliar atividades de ensino, pesquisa e extensão com o objetivo de promover a efetivação dos direitos humanos e a construção de conhecimento a partir do diálogo entre os diferentes saberes. Criado em 1995, o Polos é caracterizado pela transdisciplinaridade, envolvendo graduandos, pós-graduandos e profissionais de diversas áreas como Direito, Sociologia, Comunicação, Artes Cênicas, Economia, Ciências do Estado, Psicologia, Demografia, Arquitetura e Urbanismo, Administração e Serviço Social.

+ sobre o tema

Funcionária xingada de “macaca” recebe R$ 100 mil de indenização

Funcionária xingada de "macaca" na frente de outros empregados...

Fábio Assunção, Lavínia Vlasak e Leona Cavalli posam contra o racismo

Atores apareceram ao lado de outros membros da equipe...

para lembrar

Ministra negra força a Itália a encarar o próprio racismo

Ministra da Integração Cécile Kyenge incita ódio da...

Na mira do ódio

A explosão dos casos de racismo religioso é mais um exemplo...

Por que Jesus ser negro incomoda tanto?

Há dois anos, a Disney anunciou que a jovem atriz Halle...
spot_imgspot_img

Nem a tragédia está imune ao racismo

Uma das marcas do Brasil já foi cantada de diferentes formas, mas ficou muito conhecida pelo verso de Jorge Ben: "um país tropical, abençoado...

Futuro está em construção no Rio Grande do Sul

Não é demais repetir nem insistir. A tragédia socioclimática que colapsou o Rio Grande do Sul é inédita em intensidade, tamanho, duração. Nunca, de...

Kelly Rowland abre motivo de discussão com segurança em Cannes: ‘Tenho limites’

Kelly Rowland falou à imprensa sobre a discussão que teve com uma segurança no tapete vermelho do Festival de Cannes durante essa semana. A cantora compartilhou seu...
-+=