quinta-feira, setembro 23, 2021
InícioQuestões de GêneroMulher NegraEstudante lança campanha para intercâmbio na Université de Lyon

Estudante lança campanha para intercâmbio na Université de Lyon

Sallut,

Sou a Mariana e sou aluna de Direito na USP. Cresci no Rochdalle, um bairro da periferia de Osasco/SP. Como qualquer outra pessoa do lugar de onde vim, estudei a vida inteira em Escola Públicas,e tive que me esforçar o triplo para chegar onde estou hoje. 

Minha trajetória até o ensino superior começou aos 17 anos, em 2016. Estudava pelas manhãs no terceiro ano do ensino médio, e no período da tarde e noite, estudava no cursinho pré-vestibular gratuito na Faculdade de Direito da USP, no Arcadas Vestibulares. Infelizmente, não consegui terminar meus estudos nesse cursinho, pois tive que me mudar para o interior de São Paulo.

Foi assim, que no ano seguinte, comecei a estudar sozinha. 

Em 2018, com 19 anos, passei na Faculdade de Direito da USP, após um ano estudando em casa para o vestibular, com apenas um celular e acesso à internet. Sem cursinhos preparatórios online ou presenciais, apenas com livros que tinha adquirido no ano anterior, acesso a vídeos do Youtube e com muita dedicação. Ao mesmo tempo, conciliando a manutenção de casa, trabalhando e ajudando minha família.

Entrar na Faculdade de Direito na USP, significou muito para mim. Para pessoas que vieram de uma realidade como a minha, a entrada no ensino superior significa a possibilidade de sonhar e de vivenciar oportunidades que nunca chegariam para mim fora do ambiente universitário. Esse ambiente me possibilita oportunidades desde a primeira vez que entrei nele e, eu sempre agarrei todas as oportunidades que apareciam. Entre elas, a chance de ter uma experiência internacional. 

Em janeiro de 2020, fui aprovada no Partenariat International Triangulaire d’Enseignement Supérieur (PITES), programa de dupla graduação em direito brasileiro e francês.  A partir desse programa, consegui uma bolsa para intercâmbio durante o ano de 2022, na Université  Lyon 2. 

Antes de entrar na USP, nunca imaginei que conseguiria me formar no ensino superior, agora tenho a oportunidade de me formar com dois diplomas: Direito Brasileiro e Direito Francês.

Infelizmente, a USP congelou o oferecimento de todas as bolsas de custeio para atividades internacionais, e é nesse contexto que surge minha vakinha, única alternativa possível nesse cenário para meu sonho se realizar.

O consulado exige dos estudantes uma comprovação financeira para que provem ter meios suficientes de custear toda a sua estadia no exterior. Um mínimo comprovado de 615 euros por mês para poder viajar.

O que na realidade que vivemos, sobretudo na realidade universitária, é quase impossível arcar com todos os gastos, mesmo tendo trabalhado durante toda a graduação para me manter. 

Os valores levantados para realização do intercâmbio na Université de Lyon, na França, incluindo alimentação, moradia, gasto com o visto e com os transportes, equivalem a R$55.000,00. 

blank

Para doar sem as taxas, use os seguintes dados bancários: 

pix: mariana.csantos@usp.br

Para me conhecer mais, acesse:

Instagram: @mariemlyon

Twitter: @mariemlyon

Saiba mais aqui

RELATED ARTICLES