Estudantes africanos criam Campanha para mostrar diversidade da África: “não somos um país”

 

Um grupo de estudantes africanos que vive nos Estados Unidos lançou uma campanha em fotos em uma tentativa de dissipar equívocos e preconceitos sobre o continente em que nasceram. Chamada de The Real Africa: Fight the Stereotype (A Verdadeira África: Combata o Estereótipo, em tradução livre), a campanha no Facebook busca destruir estereótipos e mostrar que o continente africano não é uma entidade homogênea, mas um território diversificado com mais de 50 países. As informações são da CNN.

A campanha mostra imagens dos membros da Associação de Estudantes Africanos de Ithaca College, em Nova York, segurando com orgulho bandeiras de diversos países africanos. Em cada fotografia, os alunos mostram uma mensagem simples para refutar os comentários ignorantes e ofensivos que costumam ouvir.

“O que nós queríamos fazer era abraçar as bandeiras individuais dos países da África”, afiimou Rita Bunatal, chefe de relações públicas da organização. “Nós queríamos mostrar a beleza e o poder da bandeira. Também queríamos quebrar um dos maiores equívocos sobre o continente, o de que a África é um país.”

A campanha traz mensagens como “eu não falo ‘africano’, por ‘africano’ não é uma língua” e “a África não é uma selva com animais selvagens”.

Campanha traz estudantes segurando bandeiras de países do continente africano

africacampanhafacebookrep2

Cada uma das imagens mostra uma mensagem para refutar comentários ofensivos que os estudantes costumam ouvir. “Os africanos não são todos parecidos” é uma delas

africacampanhafacebookrep3

“A África não é uma selva cheia de animais selvagens”, diz outra imagem

africacampanhafacebookrep4

“Os líderes africanos não são todos ditadores, e demoracracia não é nova para África”, diz a mensagem, relembrando líderes como Nelson Mandela e Kwame Nkrumah

africacampanhafacebookrep5

“África não é definida pela pobreza”, diz a mensagem da estudante

africacampanhafacebookrep6

“Eu não falo ‘africano’, porque ‘africano’ não é uma língua”, diz o texto, que lembra que estima-se que o continente tenha mais de 2 mil idiomas

africacampanhafacebookrep7

“África não é um país”, diz a mensagem. “A África é um continente formado por 56 países

africacampanhafacebookrep8

“Nem todos os africanos são corredores velozes”, diz a mensagem

 

 

10 ideias errôneas que temos sobre a África

 

Fonte: Terra

 

+ sobre o tema

16 anos sem Tim Maia

  No dia 15 de março de 1998 o...

Camila Pitanga brilha na festa de lançamento de ‘Lado a Lado’

Aconteceu nesse sábado (1), no Rio de Janeiro, a...

Ator Érico Brás lança amanhã seu livro em Salvador

A ator Érico Brás é muito conhecido por suas...

Exposição fotográfica revela liderança feminina em quilombos da Paraíba

São 350 fotos coloridas divididas em quatro seções cronológicas:...

para lembrar

Los Garífunas: mitad afro, mitad amerindios

Los garífunas son reconocidos por su forma sensual de...

Fundo Baobá para equidade racial

SOBRE O FUNDO BAOBÁ Criado em abril de 2011,...

Nota Pública – Territórios quilombolas: Antes do julgamento, o debate

Ação sobre titulação dos territórios quilombolas está prestes a...

Epsy Campbell fala sobre Censo 2010

Fonte; Ìrohin - En entrevista al Blog Afrocensos...
spot_imgspot_img

Violência contra territórios negros é tema de seminário com movimentos sociais em Salvador

Diante da escalada de violência que atinge comunidades negras e empobrecidas da capital e no interior da Bahia, movimentos sociais, entidades e territórios populares...

Grávida, Iza conta que pretende ter filha via parto normal: ‘Vai acontecer na hora dela’

Iza tem experienciado e aproveitado todas as emoções como mamãe de primeira viagem. No segundo trimestre da gestação de Nala, fruto da relação com Yuri Lima, a...

Segundo documentário sobre Luiz Melodia disseca com precisão o coração indomado, rebelde e livre do artista

Resenha de documentário musical da 16ª edição do festival In-Edit Brasil Título: Luiz Melodia – No coração do Brasil Direção: Alessandra Dorgan Roteiro: Alessandra Dorgan, Patricia Palumbo e Joaquim Castro (com colaboração de Raul Perez) a partir...
-+=