Estudantes de medicina da USP fazem piada com cirurgia de mudança de sexo em episódio de transfobia

A Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP) está envolvida em uma nova polêmica, agora nas redes sociais. Principal alvo da CPI dos Trotes que apurou a possível existência de até 112 estupros nos últimos dez anos, a FMUSP viu alguns dos seus estudantes envolvidos em um caso de transfobia. A denúncia partiu de Daniela Andrade, em sua página no Facebook.

Por , do Brasil Post 

O post foi apagado, mas a foto em questão, compartilhada por ela – também uma transexual – foi a abaixo:

Denunciada ao Facebook, a imagem acabou apagada pela rede social. Mas o debate se instalou. Segundo Daniela, ocorreram tentativas de silenciar a denúncia, que teriam partido “de gente que se considera poderosa”. “Nós, travestis e transexuais, já nascemos mortas para tudo nessa vida, mortas para a sociedade, mortas para as políticas públicas, mortas para o respeito tão necessário e que jamais nos é dado. Sobrevivendo nessa sociedade que nos odeia”, escreveu.

o-FMUSP-570

Em outra postagem, a transexual criticou o fato dos estudantes envolvidos na polêmica, e até outros que nada tinham a ver com a imagem, terem “ficado ofendidos”. Para ela, “piada com sofrimento humano não é piada” e “qualquer pessoa que prestou um vestibular para lidar com gente, com a saúde de gente, deveria se mancar disso”.

“Você não faz piadas com grupos oprimidos, por que o riso é fácil, a sociedade está o tempo todo debochando de nós, pessoas transexuais. Tentem fazer algum humor inteligente, tentem fazer algo para além do senso comum discriminatório. Afinal, a gente existe no mundo para isso, não é mesmo? Decidiram as pessoas cisgêneras que nossa vocação natural é ser piada de vocês”, continuou.

uspfobia2

O autor da postagem, em sua página pessoal no Facebook, pediu desculpas peloepisódio que ele mesmo definiu como “extremamente ofensivo”.

“Como estudante de medicina, sei que tenho um papel importante sobre a intimidade e o sofrimento humano, e uma alta responsabilidade com a sociedade. No dia desta foto – e infelizmente em muitos outros – falhei grosseiramente. Peço sinceras desculpas a toda a comunidade trans e a todos(as) os(as) outros(as) que tenham se ofendido com a minha postagem”, postou.

uspfobia3

O  ‘alvo da brincadeira’ dos estudantes e a própria FMUSP não se pronunciaram sobre o caso.

 

+ sobre o tema

Antonieta de Barros

Nascida em 11 de julho de 1901, Antonieta de...

Terry Crews diz que perdeu papel em Hollywood por denunciar assédios

'Abusadores protegem abusadores', declarou o ator Do Noticias ao Minuto O...

Peço desculpas ao meu corpo

Hoje eu queria sinceramente pedir perdão ao meu corpo,...

Exposição 1000 Mulheres pela paz ao redor do mundo

Exposição 1000 Mulheres pela paz ao redor do mundo

para lembrar

Os bastidores, a charlatanice e o escárnio da importação de médicos – Por: Fátima Oliveira

No Brasil, a medicina como profissão liberal foi extinta...

Criolo e as lições contra homofobia

Kleber Cavalcante Gomes, conhecido como Criolo, é um artista...

Não é apenas estar sozinha: solidão da mulher negra assume diversas formas

A mulher negra vivencia a solidão de diversas formas,...

Calar é preciso

Sem a possibilidade de parar no Dia Internacional da...
spot_imgspot_img

‘Abuso sexual em abrigos no RS é o que ocorre dentro de casa’, diz ministra

A ministra das Mulheres, Cida Gonçalves, considera que a violência sexual registrada contra mulheres nos abrigos que recebem desalojados pelas enchentes no Rio Grande...

ONU cobra Brasil por aborto legal após 12 mil meninas serem mães em 2023

Mais de 12,5 mil meninas entre 8 e 14 anos foram mães em 2023 no Brasil, num espelho da dimensão da violência contra meninas...

Após um ano e meio fechado, Museu da Diversidade Sexual anuncia reabertura para semana da Parada do Orgulho LGBT+ de SP

Depois de ser interditado para reformas por cerca de um ano e meio, o Museu da Diversidade Sexual, no Centro de São Paulo, vai reabrir...
-+=