Europeus do Sul gastam em “copos e mulheres”, diz Joeren Djisselbloem. Bloco pede repúdio de frases “xenófobas e sexistas”

O BE acusa Joeren Djisselbloem de “insultar todos os cidadãos do sul da Europa” e exige a “imediata retractação” do ministro das Finanças holandês.

Do Sapo

O Bloco de Esquerda apresentou esta terça-feira um voto de repúdio pelas declarações “provocatórias, xenófobas e sexistas” do presidente do Eurogrupo, que disse que os países do sul não podem “gastar o dinheiro todo em copos e em mulheres”.

No texto, a que a agência Lusa teve acesso, o BE acusa Joeren Djisselbloem de “insultar todos os cidadãos do sul da Europa e as suas instituições” e exige a “imediata retractação” do ministro das Finanças holandês.

Numa entrevista ao jornal alemão “Frankfurter Allgemeine Zeitung”, publicada no domingo, Djisselbloem afirmou: “Como social-democrata, considero a solidariedade um valor extremamente importante. Mas também temos obrigações. Não se pode gastar todo o dinheiro em copos e álcool e, depois, pedir ajuda.”

Para os bloquistas, esta “tentativa simplista e demagógica de explicar” o que levou à crise na União Económica e Monetária são afirmações “xenófobas e sexistas”, mas também “inaceitáveis e um insulto a todos os cidadãos da Europa”.

Com estas afirmações, lê-se ainda no texto do voto de repúdio do Bloco, Joeren Djisselbloem mostra uma “visão preconceituosa e chauvinista sobre milhões de cidadãos”.

O Bloco de Esquerda pretende, por isso, que a Assembleia da República expresse o seu “mais veemente repúdio” pelas declarações do presidente do Eurogrupo e “exige a sua imediata retractação”.

Os bloquistas pretendem que a proposta seja votada na próxima sexta-feira.

+ sobre o tema

Miss é eliminada por ser mãe. Em que ano estamos?

Elas precisam ser lindas, altas e magras. Além disso,...

MinC seleciona projetos de hip-hop inscritos no Prêmio Cultura Viva

A Secretaria de Cidadania e Diversidade Cultural do Ministério...

Perfeição do racismo brasileiro transforma algoz em vítima

O racismo é um crime perfeito. É com essa frase...

para lembrar

Amor à Vida, afeto entre homens e os limites da masculinidade – por Jarid Arraes

Entre o beijo do casal gay e a reconciliação...

Quatro brasileiras estão no grupo Young Global Leaders

Quatro brasileiras integram hoje o seleto grupo do Young...

Médicos divergem sobre lei que permite cesárea sem indicação médica no SUS

O projeto de lei de Janaína Paschoal (PSL) dividiu...

UJS: Sessões do Cine Feminista serão realizadas na Vila das Artes

Com o objetivo de reforçar a importância da formação...
spot_imgspot_img

Filme de Viviane Ferreira mescla humor e questões sociais com família negra

Num conjunto habitacional barulhento em São Paulo vive uma família que se ancora na matriarca. Ela é o sustento financeiro, cuida das filhas, do...

Quem tem direito de sentir raiva?

A raiva, enquanto afeto humano, legítimo e saudável, é um tema que estou tentando colocar na sociedade brasileira, no debate público, mas encontro tantos...

Quanto custa a dignidade humana de vítimas em casos de racismo?

Quanto custa a dignidade de uma pessoa? E se essa pessoa for uma mulher jovem? E se for uma mulher idosa com 85 anos...
-+=