Feira quilombola debate a igualdade racial

Negra Li, Sandra de Sá e o rapper MV Bill estarão em Curitiba nesta semana para shows durante a I Feira Quilombola do Paraná.

 

Negra Li, Sandra de Sá e o rapper MV Bill estarão em Curitiba nesta semana para shows durante a I Feira Quilombola do Paraná. Realizada em conjunto pelo Sistema Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep), por meio do Sesi-PR, e o Instituto Adolpho Bauer, de Curitiba, a feira acontece no Cietep, sexta-feira e sábado (27 e 28) e reunirá programação cultural, debates e reflexão sobre a questão dos quilombolas e uma grande exposição de produtos das 86 comunidades existentes no Paraná. Os shows com os artistas afro-brasileiros acontecem no Teatro Sesi/Cietep. O primeiro é da Negra Li, que se apresenta às 20h30 de sexta-feira. No sábado, às 16 horas, é a vez de MV Bill. O show de Sandra de Sá começa às 20h30 de sábado. Os ingressos custam R$ 43,00 e R$ 23,00 (estudantes e terceira idade) para os shows de Negra KLi e o MV Bill. Os ingressos para o show de Sandra de Sá custam R$ 80,00 e R$ 40,00. Todos podem ser adquiridos pelo Disk Ingresso, através do telefone (41) 3315-0808 e quiosques nos shoppings Mueller, Estação e Total. Informações: 0800-648-0088.
Selo Quilombola — As atividades começam às 10h30 de sexta-feira. A abertura oficial será às 14 horas, com a presença da ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Márcia Lopes; do governador Orlando Pessuti; do secretário nacional de Políticas de Promoção da Igualdade Racial, Elói Ferreira de Araújo; do secretário Nacional de Relações Institucionais, Alexandre Rocha Santos Padilha; do presidente do Sistema Fiep, Rodrigo da Rocha Loures; do presidente da Federação Quilombola do Paraná, Antonio Carlos de Andrade Pereira, além de líderes do movimento negro paranaense e brasileiro, artistas e intelectuais ligados à questão da equidade de raça e gênero. Na solenidade haverá o lançamento do “Selo Quilombola”. O selo foi criado em 2009, pela Secretaria Especial de Políticas de Promoção à Igualdade Racial, para certificar a origem e a qualidade dos produtos fabricados pelas comunidades quilombolas de várias regiões do País e promover o afro-empreendedorismo e a auto-sustentabilidade desses núcleos. O Paraná é o primeiro a adotar o selo regionalmente. Na abertura do evento serão lançados, também, o Curso de Qualificação Profissional para pessoas das comunidades quilombolas e o Curso para Afroempreendedores, que serão ofertados pelo Sesi e o Senai Paraná.
Segundo o coordenador do Instituto Adolpho Bauer, Adilton de Paula, existem no Paraná 86 comunidades quilombolas. “O evento vai ajudar a dar visibilidade ao que elas produzem, bem como mostrar, ao conjunto da sociedade, a importância da cultura negra na construção da história brasileira”, diz Adilton. O encontro discutirá os temas: Quilombos, Cidades Inovadoras, Conhecimento Econômico e Desenvolvimento Territorial Sustentável (sexta-feira, às 10h30); Quilombos, Estatuto da Igualdade Racial, Trabalho e Promoção de Igualdade (sexta, às 18h30); Desafios da Lei 10639, Educação Quilombo e Educação para a Paz (sábado, 10h30); Juventude, Cultura e Desenvolvimento Sustentável (sábado, 17h15). A programação completa está no site www.sesipr.org.br

SERVIÇO
Primeira Feira Quilombola do Paraná
Data: 27 e 28 de agosto de 2010
Horário: 10 às 18 hs
Local: Cietep – átrio 2
Endereço: Av. Com. Franco, 1341 – Jardim Botânico – Curitiba/PR

PROGRAMAÇÃO
Sexta-feira (27.08) às 10 h
Capoeira (Mestre Sergipe) às 10h30
Mesa Redonda:
Quilombos, Cidades Inovadoras, Crescimento Econômico e Desenvolvimento Territorial Sustentável
Movimento de Mulheres Negras às 11h45
Apresentação Cultural às 14 h
Abertura Oficial
Lançamento do Selo Quilombola, do Curso de Qualificação Profissional e o Curso de Afroempreendedores.
Representantes de países africanos às 16 h e 17 h
Apresentação Cultural às 18 h
Banda Gafieira Universal às 18h30

Mesa-Redonda
Quilombos, Estatuto da Igualdade Racial,
Trabalho e Promoção de Igualdade
Fund.Cultural Palmares às 20h30
Show Musical: Negra Li
Sábado (28.08) às 10 h
Capoeira Grupo Muzenza às 10h30

Mesa-Redonda
Desafios da Lei 10639, Educação Quilombo e Educação para a Paz.
Sesi Paraná 11h
Peça teatral “Pixaim”14h
Grupo Hip Hop “Notas de Honra”14h45
Banda MUV16h
Show MV Bill17h15

Mesa-Redonda
Juventude, Cultura e Desenvolvimento Sustentável
MV Bill
Fundação Cultural Palmares
Secretaria Nacional da Juventude 18h15
Roda de Tambores20h30. Show Sandra de Sá

 

 

Fonte: Bailedocarmo

+ sobre o tema

Rede social para negros quer dar visibilidade a políticos e empreendedores

A Black & Black, uma rede social brasileira indicada...

Exposição na Casa França Brasil conta a história do negro no Rio

Mostra reúne 500 peças, como bronzes do Benin, máscaras...

Quilombolas entrarão na justiça por danos morais

Federação Nacional de Associações Quilombolas (FENAQ) entrará com uma...

para lembrar

Consciência Negra programação Rio de Janeiro 2011

31/10 Oficina sobre a Campanha da Articulação de Mulheres...

OAB e Ministra estudarão incluir tema da igualdade racial no exame de ordem

O presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil...
spot_imgspot_img

Quilombolas de Marambaia lutam por melhorias nos serviços públicos

Mesmo após a titulação, a comunidade quilombola da Ilha da Marambaia, em Mangaratiba, no Rio de Janeiro, visitada pelo presidente Luiz Inácio Lula da...

Morre o escritor Nêgo Bispo, referência da luta quilombola

A Coordenação Nacional de Articulação das Comunidades Quilombolas, Conaq, confirmou a morte, neste domingo, 03, do escritor e ativista Antônio Bispo dos Santos, conhecido...

Quilombolas vão à COP28 cobrar justiça climática

Comunidades tradicionais do Brasil estão presentes na COP28, conferência do clima da ONU que começou na quinta-feira (30), em Dubai, nos Emirados Árabes. Apesar disso,...
-+=