Guest Post »

FemiTaxi: App de Táxi exclusivo para mulheres

Chega à capital paulista o aplicativo que presta serviço de transporte feminino exclusivo, o FemiTaxi. O programa oferece táxi exclusivo para mulheres e apenas com motoristas do sexo feminino, disponível para iOS e Android.

no Ondda

De acordo com o idealizador e fundador do projeto, Charles-Henry Calfat Salem, formado em Administração pela Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP), A ideia do app é corridas por preços competitivos e aumentar significantemente a renda das taxistas por oferecer um serviço que de boa qualidade, que cabe no bolso e atender à demanda alta do público feminino, além de inibir o assédio que é um problema crescente e recorrente contra as mulheres. Além disso, a plataforma procura oferecer conforto, segurança e liberdade à altura de seus concorrentes diretos. Calfat também é fundador da plataforma de crowdfunding iFunding e CSNegócios (imobiliária).

“A ideia surgiu a partir da demanda de passageiras, que em sua maioria (56%), gostariam de utilizar taxistas com motoristas do sexo feminino, de acordo com pesquisas do setor”, conta Charles-Henry, na descrição da proposta no site do projeto.

Ao “Diário de S. Paulo”, ele ressalta o foco de mercado da aplicação: “Queremos proporcionar à clientela uma maior cumplicidade com o serviço, dando a possibilidade de as usuárias se sentirem à vontade, por exemplo, para se maquiar e até mesmo conversar com a motorista sobre temas ligados ao universo feminino”.

Fundada em dezembro de 2016, a FemiTaxi é a única plataforma de táxi exclusivo para mulheres. O escritório da empresa fica em São Paulo e, no momento, conta com cem profissionais cadastradas e tem o apoio do Sindicato dos Motoristas e Trabalhadores nas Empresas de Táxi de São Paulo (Simtetaxis-SP).

O app promove para sua estreia mil cupons promocionais no valor de R$ 15 para as primeiras viagens das clientes. O código é a sequência YNKG7 e deve ser digitada no aplicativo no momento de solicitar a viagem. O voucher só poderá ser usado uma única vez.

Melhor que isso: as passageiras que compartilharem o app para as amigas garantem às convidadas um crédito de R$ 50 na utilização do FemiTaxi. No momento que o convite é realizado, um código promocional especial é gerado e seu uso se dá da mesma forma que o primeiro. Cada vez que uma mulher convidada usa o código, a autora recebe R$ 5 de crédito promocional para utilizar na plataforma.

Charles-Henry, acredita que sua ideia dara mais visibilidade e segurança às mais de 8 mil taxistas paulistanas. Segundo prognóstico da empresa, a expectativa é que até o final de dezembro 300 motoristas já estejam cadastradas.

Ainda em declaração ao “Diário”, Calfat analisa: “Para incentivar a adesão das profissionais, estamos oferecendo taxas mais competitivas em relação à concorrência e também não haverá cobrança de mensalidade”, e em comparação com o Uber, provavelmente um dos seus maiores concorrentes, informa: “Vale ressaltar que o aplicativo não irá trabalhar com motoristas particulares, priorizando o serviço das taxistas”.

O fundador espera conquistar as quatro maiores cidades brasileiras (São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Porto Alegre) com um numero razoável de motoristas.

Em seu site, o fundador do FemiTaxi ainda faz avaliação do Mercado e dos concorrentes (todos os principais apps de táxi, além do Uber): “Eu percebo uma grande insatisfação dos usuários com o atendimento dos motoristas particulares. Além disso, os taxistas estão se mobilizando e se cobrando entre si para melhorar significativamente a qualidade do serviço e do conforto dos carros”, avalia.

E ainda verifica um obstáculo mais urgente que os outros grandes do mercado: “O maior desafio até agora foi cadastrar taxistas suficientes para atender a demanda. A dificuldade consiste em garantir às taxistas que não somos mais um aplicativo que irá ‘escraviza-las’”.

A plataforma está disponível nos sistemas iOS e Android e pode ser acessada 24 horas por dias, contando com as taxistas que atendam exclusivamente à demanda de mulheres.

Em declaração ao ONDDA, a plataforma revela uma inovação ao estender sua cobertura às mulheres trans, também. O que é uma revolução no mercado e um avanço no debate sobre inclusão e combate ao preconceito. “O aplicativo se posiciona a favor da diversidade. As taxistas aceitam o público trans”, afirmou a equipe responsável.

Related posts