FGV: uma em cada quatro famílias tem dívida em atraso, a maior parte por causa da pandemia

Enviado por / FonteBrasil 247

Números do FGV Ibre (Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas) apontaram que uma em cada quatro famílias brasileiras possui alguém com dívidas em atraso. Mais da metade dos inadimplentes afirmam que o problema está relacionado à pandemia, com perda de emprego ou redução de salário. A pesquisa foi realizada de 1º a 24 de março, com 1.644 consumidores. As informações foram publicadas

De acordo com o levantamento, 26% dos entrevistados vivem em lares em que há pelo menos uma pessoa com dívidas em atraso. O percentual é de 44% para famílias com renda de até R$ 2.100 e diminui para 10% nas residências com renda de mais de R$ 9.600

Para 54% das famílias com dívidas em atraso, a inadimplência aconteceu nos últimos seis meses por causa da pandemia. O percentual aumenta para 79% na primeira faixa de renda e cai para 33% na de maior poder aquisitivo.

Os dados mostraram que a perda de emprego de algum membro da família é citada como motivo para o atraso nos pagamentos por 29% dos entrevistados. O percentual sobe para 50% na faixa de baixa renda.

A redução de salário é apontada por 19% como causa da inadimplência. O aumento nos gastos, por 13%. A diminuição de receita em empresa familiar e o impedimento de trabalho aparecem com 12% cada. A interrupção do auxílio emergencial aparece com 2,4% – são 4,7% na faixa mais baixa de renda.

+ sobre o tema

Quilombolas participam de oficina sobre direitos humanos

Começa nesta sexta-feira (19), as “Oficinas de Formação de Agentes...

Obama precisa se justificar perante o Congresso sobre ação militar na Líbia

A Casa Branca enviou, nesta quarta-feira, um dossiê de...

Black power: os negros na eleição de Salvador

Hamilton Silva, do PSOL, quer ser prefeito de...

O duplo desafio de Obama

- Fonte: O Estado de São Paulo - Conforme...

para lembrar

Experiência com epidemias vem ajudando a conter disseminação do coronavírus na África

Medidas restritivas foram tomadas de maneira preventiva; analistas, no...

E se fizéssemos diferente?

Podemos sair do desastre humanitário da pandemia mais ricos...

Mortes por coronavírus crescem quase 150% em uma semana, na Paraíba

Casos confirmados aumentaram 120% no mesmo período. João Pessoa...

População de rua no Brasil cresceu quase 10 vezes na última década, aponta Ipea

A população em situação de rua no Brasil aumentou 935,31% nos últimos dez anos, segundo levantamento do Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada) com base em...

Saúde mental dos idosos ainda sofre os impactos da pandemia

Após anos de enfrentamento da pandemia da Covid-19, torna-se evidente que os idosos estão entre os grupos mais afetados em termos de saúde mental. A melhoria das...

Jurema Werneck recomenda livro com visão de mulher negra diante da pandemia

Segundo a ativista, pode-se encontrar também no livro, Negra percepção sobre mim e nós na pandemia, um conjunto de cicatrizes individuais, adquiridas na pandemia...
-+=