França com uma medida discriminatória e racial: limita número de futebolistas africanos nas seleções.

Mais um escândalo está a abalar o futebol francês. Desta vez, um site de informações, o Mediapart, avançou que dirigentes da direcção técnica da Federação de Futebol terão decidido estabelecer quotas para limitar o número de futebolistas negros e magrebinos em 30% nos centros de formação e nas escolas de futebol.

O objectivo desta medida “discriminatória e racial”, diz o site, é aumentar o número de jogadores franceses de origem europeia nas selecções gaulesas, que deverão manifestar a sua preferência desde os 12 anos. O site diz ainda que o seleccionador nacional, Laurent Blanc, teria concordado com essa limitação. Objectivo: limitar o número de franceses de origem africana e magrebina num máximo de 30%.

“Nas mais altas instâncias do futebol francês, o caso é claro: há negros demais, árabes demais e brancos de menos nos campos de futebol em França”, escreve o Midiapart, um dos sites que mais investiga em França, que cita fontes da Federação gaulesa.

Entretanto, escandalizado com as denúncias raciais, o treinador Laurent Blanc já desmentiu que tenha aceitado quotas para limitar o número de futebolistas de origem africana no futebol francês. “Não podemos estabelecer quotas do número de jogadores no futebol”, enfatiza o técnico, citado pela imprensa francesa, adiantando que “tudo é falso”.

Quem também ficou escandalizada com tais rumores foi a ministra do desporto. Chantal Jouanno diz que “se a denúncia for confirmada, seria totalmente discriminatória e ilegal, e portanto haverá punições”.

Fonte: A Semana

+ sobre o tema

Júlia Dias – Diálogos Ausentes (2016)

Júlia Dias – Diálogos Ausentes (2016) Do YouTube Leia também  Benjamim de...

Élida Muniz, da TV Globinho, mostra seu lado mulherão

De volta ao "TV Globinho", a apresentadora Élida Muniz...

Jean Ping anuncia plano ambicioso para integração africana

- Fonte: Agola Press -   Getty Images Addis Abeba - Os...

para lembrar

Livro infantojuvenil aborda racismo, bullying e autoafirmação

Manoelita, Cachos em Flores lançado nesta quinta-feira (13), no...

Estatuto da Igualdade Racial completa seis anos

Normas possibilitaram avanços nos direitos dos negros em áreas...

Símbolo da cultura tchokwe retratado em longa-metragem

  Sona, símbolo da cultura tchokwe, está a ser...
spot_imgspot_img

SP: mostra de cinema Léa Garcia – 90 Anos celebra obra da artista

A mostra inédita Léa Garcia - 90 anos, que começa neste sábado (25), celebra a obra da renomada artista do cinema nacional, que morreu em...

Cientistas revelam mistério por trás dos antiquíssimos baobás, as árvores da vida

Cientistas afirmam ter resolvido o mistério em torno da origem dos antigos baobás. De acordo com análises de DNA, as árvores teriam surgido pela primeira...

Brasileiro dirige único teatro negro da Alemanha

"Ainda tenho um milhão de coisas para fazer", diz Wagner Carvalho, diretor artístico do teatro Ballhaus Naunynstrasse em Berlim, poucas horas antes da estreia da noite. Wagner não...
-+=