Funcionária de escola nos EUA é demitida ao chamar Michelle Obama de “gorila”

Uma funcionária do distrito escolar do condado de Forsyth, na Geórgia (Estados Unidos) foi despedida nesta segunda-feira após receber duras críticas por publicar em sua página do Facebook comentários racistas contra a primeira-dama, Michelle Obama.

Foto: Reprodução/perezhilton.com

Nos comentários, em que Jane Wood Allen chamava a primeira-dama de “gorila” e questionava “como ela vai funcionar no mundo real, sem ter mais todas as férias de luxo pagas” geraram uma avalanche de críticas tanto em nível local como em nível nacional após ser reproduzido de forma viral nas redes sociais.

Representantes do distrito escolar de Forsyth confirmaram a demissão da empregada da escola primária Chestatee, em Gainsville (Geórgia), observando que não permitirão qualquer sinal de discriminação ou racismo.

“O racismo e a discriminação não são tolerados em nosso distrito escolar. Estamos empenhados em continuar a treinar nossa equipe para aceitar todas as pessoas”, afirmou o comunicado emitido pelas autoridades educativas do distrito, onde informaram a demissão de Jane Wood.

Ela já tinha dito anteriormente que era contra os muçulmanos em mensagem em sua página do Facebook onde pediu que eles abandonassem o país.

+ sobre o tema

Fim da saída temporária apenas favorece facções

Relatado por Flávio Bolsonaro (PL-RJ), o Senado Federal aprovou projeto de lei que põe...

Por que ser antirracista é tão importante na luta contra a opressão racial?

O Laboratório de Estudos de Gênero e História, da...

Caixa lança edital de concurso com 3,2 mil vagas para técnicos

A Caixa Econômica Federal publicou nesta quinta-feira (22), no...

Depois de um carnaval quente, é hora de pensar em adaptação climática

Escrevo esta coluna, atrasada, em uma terça-feira de carnaval. A...

para lembrar

Ex-líder da KKK teve relações com homem negro

    Frazier Glenn Miller, ex-líder...

Caneladas do Vitão: Uma vez Anielle, sempre Marielle 2

Brasil, meu nego, deixa eu te contar, a história...

Taís Araújo agradece apoio após ofensas racistas: ‘Vocês me emocionaram’

Taís Araújo agradeceu o apoio de amigos e fãs,...

Cida Bento – A mulher negra no mercado de trabalho

Sinceramente eu nunca dei para empregada domestica acho que eu...
spot_imgspot_img

Negra Li mostra fantasia deslumbrante para desfile da Vai-Vai em SP: ‘Muita emoção’

A escola de samba Vai-Vai está de volta ao Grupo Especial para o Carnaval 2024, no Sambódromo do Anhembi, em São Paulo, neste sábado...

Livro põe mulheres no século 20 de frente com questões do século 21

Vilma Piedade não gosta de ser chamada de ativista. Professora da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro) e uma das organizadoras do livro "Nós…...

“O Itamaraty me deu uma bofetada”, diz embaixadora Isabel Heyvaert

Com 47 anos dedicados à carreira diplomática, a embaixadora Isabel Cristina de Azevedo Heyvaert não esconde a frustração. Ministra de segunda classe, ela se...
-+=