Fundo Agbara abre caminhos: edital para mulheres negras empreendedoras de São Paulo

Enviado por / FonteEnviado ao Portal Geledés

Esse edital é direcionado à mulheres negras afroempreendedoras que movimentam negócios no estado de São Paulo, exceto região metropolitana de Campinas.

Se esse é seu perfil, te convidamos a ler todos os detalhes do edital abaixo para que você possa concorrer à contemplação de um aporte financeiro de R$ 1.000,00 (MIL REAIS) para impulsionar seu negócio.

Te convidamos também a conhecer e divulgar as ações do Fundo Agbara:
Facebook: https://www.facebook.com/FundoAgbara7
Instagram: https://www.instagram.com/fundoagbara/
Linkedin: https://www.linkedin.com/company/agbara-campinas-sp/

1. Quem é o Fundo Agbara

O Fundo Agbara é o primeiro fundo para mulheres negras do Brasil. Uma organização sem fins lucrativos, de impacto social, gerida por mulheres negras que tem como missão a potencialização de empreendedoras negras periféricas, de 20 cidades da Região Metropolitana de Campinas.
Desde setembro de 2020, quando começamos nossas atividades, já prestamos mais de 200 atendimentos à mulheres negras entre aportes financeiros, promoção de cursos e assessorias técnicas prestadas

2. Edital Agbara Expansão – Abrindo Caminhos

Diante do impacto da pandemia na vida das mulheres negras em todo país, aprofundando as desigualdades e por compreender a potência desse grupo social do ponto de vista do empreendedorismo é que nos propomos a ampliar o alcance do Fundo Agbara e lançar esse chamado a mulheres negras de todo o estado de São Paulo.

3. Objetivo do edital

Através deste edital pretendemos contemplar uma mulher negra afro empreendedora com o aporte financeiro de R$ 1.000,00 (MIL REAIS) para que ela possa impulsionar seu empreendimento.

4. Quem pode se inscrever

Mulheres negras (pardas ou pretas, cisgêneras ou transgêneras) com idade a partir de 18 anos que tenham empreendimentos comprometidos com impulsionamento da cultura e história afro-brasileira. Para concorrer, é necessário que o empreendimento seja divulgado também através das redes sociais.

5. Como se inscrever

Para concorrer, é necessário:

– Ser uma mulher negra, de qualquer nacionalidade residente no estado de São Paulo, exceto Americana, Artur Nogueira, Campinas, Cosmópolis, Engenheiro Coelho, Holambra, Hortolândia, Indaiatuba, Itatiba, Jaguariúna, Monte Mor, Morungaba, Nova Odessa, Paulínia, Pedreira, Santa Bárbara d’Oeste, Santo Antônio de Posse, Sumaré, Valinhos e Vinhedo. Se você é moradora de uma dessas cidades, se inscreva através deste link https://bityli.com/9DqII

– Ter no mínimo 18 anos completos na data de inscrição para o edital

– Possuir empreendimento que esteja vinculado ao propósito de impulsionamento da cultura e história afro-brasileira;

– Preencher todos os dados solicitados no formulário abaixo, inclusive com o envio de foto nas especificações solicitadas entre os dias 01/06/2021 a 06/06/2021 até às 23h59.

Para mais informações e inscrições acesse o link abaixo:

https://forms.gle/RjHSQoZmsjcuLm838

** ESTE ARTIGO É DE AUTORIA DE COLABORADORES OU ARTICULISTAS DO PORTAL GELEDÉS E NÃO REPRESENTA IDEIAS OU OPINIÕES DO VEÍCULO. PORTAL GELEDÉS OFERECE ESPAÇO PARA VOZES DIVERSAS DA ESFERA PÚBLICA, GARANTINDO ASSIM A PLURALIDADE DO DEBATE NA SOCIEDADE. 

+ sobre o tema

Sobre cabelos, relacionamentos e outras coisas!

Após uma atividade na minha universidade em celebração ao...

Mãe preta pode ser? Mulheres negras e maternidade

Débora Silva Maria, do Movimento Mães de Maio, há...

Quem vestiu a Globeleza?

Enviado para o Portal Geledés Engana-se os que acham que...

para lembrar

Em seis meses, Ana Fontes ensinou 10 mil mulheres a empreender, negociar e ser feliz

A empresária, finalista na categoria Autonomia Econômica, firmou parceria...

Livro reúne história inspiradoras de 14 empreendedoras negras

Sob a coordenação editorial da especialista em diversidade e...

‘Mentalidade’ é obstáculo para empreendedoras brasileiras, diz especialista

Arancha González é diretora do International Trade Centre –...
spot_imgspot_img

Marciele Aparecida Procópio Delduque e o projeto empreendedor “Marianas, Mulheres que Inspiram” são destaque do mês no Museu da Pessoa

Ao abrir um salão de beleza, Marciele passou a perceber o desejo de suas clientes de conversar e compartilhar experiências. Embora mantivesse os ouvidos...

Festival gratuito em SP terá simpósio sobre direitos econômicos para mulheres negras e shows de Ellen Oléria e Ilú Obá De Min

O Fundo Agbara, primeiro Fundo Filantrópico para Mulheres Negras do Brasil, realiza, no dia 24 de novembro, a partir das 13h, a 3ª edição...

Fundo Agbara destaca iniciativas de impacto pelo Brasil em livro sobre filantropia negra

São Paulo, setembro de 2023 – O Fundo Agbara, primeiro Fundo Filantrópico de Mulheres Negras na América Latina, em parceria com a Rede Comuá,...
-+=