Gérard Depardieu é acusado de estupro e abuso sexual

Ator francês negou qualquer agressão através de um comunicado feito por seu advogado.

Do G1

O ator francês Gerard Depardieu posa durante Festival de Cannes de 2015 (Foto: LOIC VENANCE / AFP)

O Ministério Público de Paris abriu uma investigação preliminar contra o astro do cinema francês Gérard Depardieu por estupro e agressão sexual, após uma queixa apresentada nesta segunda-feira (28), segundo informou a agência France Presse.

Seu advogado, Hervé Temime, respondeu em um comunicado dizendo que “Gerard Depardieu nega totalmente qualquer agressão, qualquer estupro”.

“Lamento o carácter público deste procedimento que causa um grave prejuízo a Gérard Depardieu, que estou convencido que terá a inocência reconhecida”, acrescentou Temime. O advogado também pediu “a máxima moderação no que diz respeito aos direitos de todas as partes”.

A denúncia contra o ator de 69 anos foi apresentada na segunda-feira, no sul da França. O MP de Aix-en-Provence abriu uma investigação na quarta (30).

Segundo informações da BBC, a acusação contra Depardieu foi feita por uma atriz de 22 anos.

O advogado de Depardieu disse que o ator confirmou que que conhece a mulher, mas negou estar com ela nas datas mencionadas na denúncia.

Gérard Depardieu tem dezenas de filmes em seu currículo, incluindo “Os Miseráveis” (2000), “102 Dálmatas” (2000), “As aventuras de Pi” (2012), além dos filmes da saga envolvendo a dupla “Astérix e Obélix”.

Em 2014, o ator declarou que “toma 14 garrafas de vinho por dia” e falou sobre a dificuldade em parar de beber depois que começa. “Quando me entedio, bebo. Se começo a beber, não bebo como uma pessoa normal. Posso entornar 12, 13, 14 garrafas por dia”, disse o ator na época, garantindo que nunca termina “completamente bêbado, só um pouco alegre”. Ele ainda afirmou ter um remédio próprio para não terminar bêbado: “Só é preciso tirar um cochilo de dez minutos e já está pronto”.

+ sobre o tema

Por uma consciência humana

Há muitos séculos, desde a célebre “descoberta” do Brasil,...

Texto na íntegra: O voto do ministro Carlos Ayres Britto em favor da união civil

Em seu voto, o ministro Ayres Britto lembrou que...

Chile reconhece união civil de homossexuais

O Congresso do Chile aprovou, na última quarta-feira (28),...

para lembrar

O desafio das mulheres visto por três das mais poderosas líderes do mundo

Hillary Clinton é a favorita para se tornar a...

Travesti eleita Princesa Gay do Carnaval de 2013 é espancada e jogada sobre linha de trem no Rio

Apesar da preocupação da Polícia Civil com um plano...

LGBTs relatam experiências opostas em áreas centrais e periféricas de São Paulo

Uma vizinha disparou à mãe de Gabriel Santana, 23,...
spot_imgspot_img

Maria da Conceição Tavares: quem foi a economista e professora que morreu aos 94 anos

Uma das mais importantes economistas do Brasil, Maria da Conceição Tavares morreu aos 94 anos, neste sábado (8), em Nova Friburgo, na região serrana do Rio...

Como poluição faz meninas menstruarem precocemente

Novas pesquisas mostram que meninas nos EUA estão tendo sua primeira menstruação mais cedo. A exposição ao ar tóxico é parcialmente responsável. Há várias décadas, cientistas ao redor do...

Leci Brandão recebe justa homenagem

A deputada estadual pelo PC do B, cantora e compositora Leci Brandão recebe nesta quarta (5) o Colar de Honra ao Mérito Legislativo do...
-+=