terça-feira, julho 7, 2020

    Tag: cultura do estupro

    Mulher trans que esteve presa por cinco anos em um presídio masculino de São Paulo relata casos de abuso emocional e sexual. — Foto: Fábio Tito/G1

    Estupro e tortura: relatório inédito do governo federal aponta o drama de trans encarceradas em presídios masculinos

    Pela primeira vez encomendado pelo Governo Federal, estudo mostra que lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais são pessoas mais vulneráveis aos efeitos da precariedade do sistema prisional brasileiro. Por Laís Modelli, do G1 Mulher trans que esteve presa por cinco anos em um presídio masculino de São Paulo relata casos de abuso emocional e sexual. — Foto: Fábio Tito/G1 Uma pesquisa inédita do governo federal publicada na quarta-feira (5) sobre a realidade da população LGBT (lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais) no sistema carcerário mostra que travestis e transexuais sofrem constantes violências emocionais, físicas e sexuais, assim como práticas de tortura específicas da sua condição de gênero, dentro das prisões masculinas. Encomendado pelo Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos por meio de uma chamada pública, o relatório “LGBT nas prisões do Brasil: Diagnóstico dos procedimentos institucionais e experiências de encarceramento” mostrou ser uma ...

    Leia mais
    Foto: Rupak De Chowdhuri/Reuters

    Um estupro é registrado a cada 15 minutos entre mulheres na Índia

    Mulheres relataram 34 mil casos em 2018. Deste número, 85% geraram acusações e somente em 27% houve condenações Do R7 Grupos de defesa dos direitos das mulheres dizem que crimes contra elas são levados menos a sério (Foto: Rupak De Chowdhuri/Reuters) Um estupro é reportado a cada 15 minutos entre mulheres na Índia, de acordo com dados divulgados nesta quinta-feira (9) pelo governo do país. A informação enfatiza a reputação de que a índia é um dos piores lugares do mundo para viver se for mulher. O estupro coletivo e assassinato de uma mulher em um ônibus em Nova Délhi, em 2012, que recebeu ampla atenção mundial, levou dezenas de milhares de pessoas às ruas em toda a Índia e gerou reivindicações por ações de estrelas do cinema a políticos, levando a punições mais duras e a tribunais mais ágeis. Mas a violência seguiu inabalável. Mulheres ...

    Leia mais
    Imagem retirada do site Revista Fórum

    Jovem de 19 anos é condenada a prisão perpétua por matar homem que a estuprou

    Além do crime de estupro, filmado por ele, Randy Volar vendeu Chrystul Kizer ao tráfico sexual quando ela tinha 16 anos Da Revista Fórum Imagem retirada do site Revista Fórum A jovem americana Chrystul Kizer, de 19 anos, foi condenada a prisão perpétua pela Justiça de Wisconsin por matar Randy Volar, 33, que a estuprou múltiplas vezes e a vendeu ao tráfico sexual quando ela tinha somente 16 anos. A jovem confessou o crime e alegou legítima defesa, mas o argumento não foi aceito pelo juiz do caso. Chrystul não foi a única jovem que Volar estuprou. Ele foi preso em fevereiro de 2018 por assédio sexual contra menores, mas a polícia o liberou sem a necessidade de pagar fiança. O estuprador ficou livre por mais três meses, mesmo com diversas denúncias de abuso contra meninas negras. O assassinato de Volar aconteceu em 5 de junho ...

    Leia mais
    A diretora-executiva da ONU Mulheres Phumzile Mlambo-Ngcuka - Alan Marques - 18.nov.15/Folhapress

    Estupro: um custo intolerável à sociedade

    O lar não é um lugar seguro para milhões de mulheres Por Phumzile Mlambo-Ngcuka, da Folha de São Paulo A diretora-executiva da ONU Mulheres Phumzile Mlambo-Ngcuka - Foto: Alan Marques/Folhapress Se eu pudesse ter um desejo atendido, poderia ser o fim do estupro. Isso significa que uma importante arma de guerra sairia do arsenal de conflitos, assim como a ausência de risco diário para meninas e mulheres em espaços públicos e privados. Haveria a remoção de uma afirmação violenta de poder e mudança de longo alcance para nossa sociedade. O estupro não é um ato breve e isolado. Danifica a carne e reflete na memória. Pode causar mudança de vida, com consequências que não foram escolhidas —como gravidez ou DST. Seus efeitos devastadores e duradouros atingem outras pessoas: família, amizades, parcerias e colegas. Tanto no conflito quanto na paz, ele molda as decisões das mulheres de ...

    Leia mais
    blank

    Por que decidi revelar que fui estuprada quando criança, 67 anos depois

    A proeminente jornalista ganense, colunista da BBC e ex-ministra Elizabeth Ohene escreveu recentemente sobre um abuso sexual que sofreu há mais de 60 anos, quando tinha apenas sete anos de idade. Aqui, ela explica por que decidiu tornar sua dor pública depois de tanto tempo. Por  Elizabeth Ohene, Da BBC Ex-ministra ganense espera que revelação de estupro que sofreu há mais de 60 anos possa ajudar meninas em posição vulnerável (Foto: Imagem retirada do site da BBC) Não tenho muita certeza se levei em conta qual seria o efeito de tornar pública minha história sobre ter sido molestada sexualmente na infância. Na quarta-feira passada, contei essa história na coluna semanal que escrevo para o maior jornal de circulação de Gana, o Daily Graphic. Sou uma mulher de 74 anos e contei algo que aconteceu 67 anos atrás. Um dos meus melhores amigos perguntou por que eu ...

    Leia mais
    blank

    Recorde de estupros no Brasil escancara negligência com crimes de violência sexual

    A cada quatro horas uma menina de até 13 anos é vítima de violência sexual, aponta o 13º Anuário Brasileiro de Segurança Pública. Por Andréa Martinelli, Do HuffPost Brasil Segundo Anuário de Segurança Pública, a taxa de estupros é de 31,7 por 100 mil habitantes -- acima da taxa de mortes violentas, que ficou em 27,5 em 2018 (Foto: NURPHOTO VIA GETTY IMAGES) Pela primeira vez, pesquisadores do Fórum de Segurança Pública (FSP), responsáveis pelo Anuário Brasileiro de Segurança Pública, relatório que publica anualmente estatísticas de violência no País, tiveram acesso ao que chamam de “microdados” sobre violência sexual, considerado um dos crimes com o maior nível de subnotificação no País. “A diferença deste ano é que conseguimos acessar dados mais específicos, o que possibilitou um melhor entendimento sobre tanto quem é a vítima, quanto qual é o perfil do agressor e do local em que ...

    Leia mais
    Graphic illustration of a crying woman

    O estupro legal no país do carnaval

    Quando aguardava pelo nascimento de minha primeira filha, um amigo, pai de uma recém-nascida, perguntou: “E aí? É homem ou mulher?”. Respondi que seria uma menina e, de imediato, recebi um tapa nas costas acompanhado de uma profecia em tom jocoso: “Pois é. Vamos pagar por todas as misérias que fizemos com as filhas desses sujeitos por aí!”. Um pouco assustado com a sentença, retruquei dizendo que não me recordava de já ter violentado alguém e que, o pouco que havia “aprontado” na vida, o fizera de comum acordo com as “aprontandas”. Logo, quando chegasse a vez de minha filha namorar, que o fizesse em paz e com a alma leve. Afinal, sexo é bom, e assim deve ser para todos. Por Carlos Nascimento, Do Blitz Conquista  (Foto: rudall30 via Getty Images) Sempre que faço esta reflexão, penso na aceitação do papel do macho como violador. ...

    Leia mais
    Casos de estupro são recorde no Brasil em 2018, revela Anuário — Foto: TV Globo/Reprodução

    País tem recorde nos registros de estupros; casos de injúria racial aumentam 20%

    Crimes de ódio crescem na contramão das quedas dos demais crimes violentos, como homicídios e latrocínios, segundo o 13º Anuário Brasileiro de Segurança Pública. Por Cíntia Acayaba e Thiago Reis, do G1 Casos de estupro são recorde no Brasil em 2018, revela Anuário . (Foto: TV Globo/Reprodução) Em 2018, o Brasil atingiu o recorde de registros de estupros. Foram 66.041 vítimas, segundo dados do 13º Anuário Brasileiro de Segurança Pública divulgado pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública nesta terça-feira (10). O crime é um dos poucos que tiveram aumento no ano passado, quando as mortes violentas caíram 10,8%. A taxa brasileira de estupros é de 31,7 por 100 mil habitantes, acima da taxa de mortes violentas, que ficou em 27,5 em 2018. Também na contramão das quedas dos roubos, latrocínios, lesão corporal, entre outros crimes, está o aumento de 20,6% no número de registros de injúria ...

    Leia mais
    O Nobel da Paz Denis Mukwege, que fala em São Paulo nesta quarta (21) - Raul Arboleda/AFP

    Violência sexual é como uma metástase, diz vencedor do Nobel

    Congolês Denis Mukwege trabalha com atendimento a vítimas de abuso, que seguem crescendo em seu país Por Lucas Neves, da Folha de S.Paulo O fim do silêncio de vítimas de estupro representa um avanço no combate à violência contra a mulher, mas é preciso ir além, sobretudo porque cada vez mais crianças são visadas por criminosos. O apelo é do ginecologista Denis Mukwege, 64, vencedor do Nobel da Paz em 2018. O médico participa do Fronteiras do Pensamento, nesta quarta (21), em São Paulo. Em 1999, ele criou um hospital na República Democrática do Congo para operar vítimas de mutilações genitais e outras agressões. Mais de 40 mil pessoas já passaram lá. O país está mergulhado há cerca de dez anos em um conflito entre Exército, milícias e rebeldes em grande parte importado da vizinha Ruanda. O Nobel da Paz Denis Mukwege, que fala em São ...

    Leia mais
    blank

    Mulher julgada duas vezes por dar à luz bebê morto é absolvida em El Salvador

    Um tribunal de El Salvador absolveu nesta segunda-feira (19) Evelyn Hernández, uma jovem de 21 anos acusada de homicídio após parir um bebê morto. Do BBC 'Graças a Deus se fez Justiça', declarou Evelyn Hernández ao saber o veredito (Foto Getty) A criança, gerada em um estupro, foi encontrada sem vida no banheiro em que Hernández deu à luz, em 2016. A promotoria de El Salvador, cujos representantes não fizeram declarações à imprensa, acusava a jovem de homicídio agravado por omissão, pedindo 40 anos de prisão para ela. Hernández já havia sido condenada a 30 anos de prisão em 2016, mas a Corte Suprema do país anulou a sentença e pediu a abertura de um novo processo. A jovem sempre defendeu sua inocência, argumentando que não sabia que estava grávida e que perdeu a consciência durante o parto. Ao escutar o veredito, Hernández ficou muito emocionada e afirmou ...

    Leia mais
    Um quarto hospitalar na Holanda. ED REEVE GETTY IMAGES

    Adolescente de 17 anos, traumatizada por múltiplos estupros, morre por eutanásia na Holanda

    Noa Pothoven estava sob cuidados de médicos e centros de atendimento a menores. Pediu para morrer porque não aguentava mais seu sofrimento psíquico Por ISABEL FERRER, do El País  Um quarto hospitalar na Holanda. ED REEVE GETTY IMAGES Noa Pothoven, uma adolescente holandesa de 17 anos afligida por transtorno do estresse pós-traumático, anorexia e depressão, morreu neste domingo em sua casa, em Arnhem (leste do país). Vítima de abusos sexuais e estupro aos 14 anos, solicitou a eutanásia porque já não aguentava mais seu sofrimento, e os médicos a praticaram. “Serei direta: dentro de dez dias terei morrido. Estou exausta após anos de luta, e parei de comer e beber. Depois de muitas conversas e de uma análise da minha situação, decidiram me deixar ir embora, porque minha dor é insuportável”, escreveu a menina no sábado passado em sua conta do Instagram. Não mencionou a data exata, ...

    Leia mais
    blank

    Senadora americana revela que foi estuprada quando serviu na Força Aérea

    Em audiência ao subcomitê do Senado, Martha McSally disse que sofreu abuso sexual de um oficial superior Do Estadão WASHINGTON - A senadora pelo Estado do Arizona Martha McSally, a primeira mulher a voar em combate pela Força Aérea dos Estados Unidos, afirmou nesta quarta-feira (6) que um oficial superior a estuprou quando prestava serviço militar. McSally, que passou 26 de seus 52 anos na Força Aérea e comandou um esquadrão de combate, revelou o crime durante uma audiência do subcomitê do Senado sobre agressões sexuais nas Forças Armadas. Senadora Martha McSally revela a um subcomitê do Senado que foi estuprada quando servia na Força Aérea Foto: REUTERS/Joshua Roberts "Também sou uma sobrevivente de agressão sexual nas forças militares, mas ao contrário de muitos valentes sobreviventes, não informei ter sido agredida sexualmente", disse McSally. "Como tantas mulheres e homens, não confiava no sistema quando ocorreu", declarou. "Culpo ...

    Leia mais
    blank

    Menina de 11 anos, grávida por estupro, passa por cesárea, em vez de aborto, na Argentina

    "Tirem da minha barriga o que o velho colocou", disse a criança, que foi violentada pelo marido de sua avó. Do Crescer  Ativistas protestam contra a demora para interromper a gestação de Lucia. "Cesárea não é ILE", diz o cartaz. ILE é a sigla usada para Interrupción Legal del Embarazo, que significa "Interrupção Legal da Gravidez", prevista na lei argentina em casos extremos, como este (Foto: Reprodução/ Facebook) Uma criança de 11 anos passou por uma cesárea, em vez de um aborto, na província de Tucumán, na Argentina. A cirurgia, que aconteceu sem a autorização da mãe da garota, foi realizada nesta quarta-feira (27). De acordo com a ginecologista Cecilia Ousset, a cesárea foi necessária porque o corpo da menina, que tem sido chamada pelo nome fictício de Lucia pela imprensa local, para preservar sua identidade, ainda não estava completamente desenvolvido. "Via vaginal não era possível. O ...

    Leia mais
    rudall30 via Getty Images "É claro que não consegui assistir aula alguma. Eu só chorava."

    Vivas nos queremos: Pelo fim da cultura do estupro e punição aos assediadores

    Uma mulher sabe bem a diferença entre carinho e agressão. por Danyella Proença no HuffPost Brasil rudall30 via Getty Images"É claro que não consegui assistir aula alguma. Eu só chorava." Há 14 anos, numa tarde qualquer que tinha tudo para ser de poesia e leveza, minha vida virou de cabeça para baixo. Eu estava no laboratório de fotografia da Faculdade de Comunicação da Universidade de Brasília (UnB), onde estudava jornalismo. Naquele dia, resolvi revelar alguns filmes em preto e branco num processo artesanal, com químicos específicos e luz vermelha. Era o tempo da imagem sendo respeitado, eu pensava, na minha inocência e encantamento. Para isso, pedi auxílio ao técnico do laboratório, um senhor de cerca de 60 anos, boa praça, que dominava como ninguém seu ofício. Tanto que estava ali havia mais de 30 anos, como gostava de contar. Aliás, ele gostava muito de contar histórias ...

    Leia mais
    Imagem: Carta Capital

    Entenda o gaslighting, estratégia de defesa de João de Deus

    A estratégia da defesa de João de Deus em desqualificar as mulheres que o acusam de abusos sexuais  e estupro faz parte de um escopo de violência institucional contra a mulher que aceita a culpabilização da mulher – sob diversos argumentos – como justificativa para o crime, afirma a advogada Mariana Serrano, co-fundadora da Rede Feminista de Juristas. no Carta Capital Imagem: Carta Capital Embora a defesa propriamente não tenha sido entregue ainda, Serrano afirma que a estratégia, desde o primeiro momento, é desqualificar a vítima, “como se elas não tivessem credibilidade para acusá-lo, usando argumentos comuns na sociedade para culpar a vítima pelo abuso, como dizer que ela é desequilibrada, prostituta ou que consumiu álcool e drogas.” Logo após o depoimento de João de Deus, no domingo 16, o advogado Alberto Toron afirmou que as denúncias deveriam passar por uma seleção, e que muita das mulheres ...

    Leia mais
    O ator francês Gerard Depardieu posa durante Festival de Cannes de 2015 (Foto: LOIC VENANCE / AFP)

    Gérard Depardieu é acusado de estupro e abuso sexual

    Ator francês negou qualquer agressão através de um comunicado feito por seu advogado. Do G1 O ator francês Gerard Depardieu posa durante Festival de Cannes de 2015 (Foto: LOIC VENANCE / AFP) O Ministério Público de Paris abriu uma investigação preliminar contra o astro do cinema francês Gérard Depardieu por estupro e agressão sexual, após uma queixa apresentada nesta segunda-feira (28), segundo informou a agência France Presse. Seu advogado, Hervé Temime, respondeu em um comunicado dizendo que "Gerard Depardieu nega totalmente qualquer agressão, qualquer estupro". "Lamento o carácter público deste procedimento que causa um grave prejuízo a Gérard Depardieu, que estou convencido que terá a inocência reconhecida", acrescentou Temime. O advogado também pediu "a máxima moderação no que diz respeito aos direitos de todas as partes". A denúncia contra o ator de 69 anos foi apresentada na segunda-feira, no sul da França. O MP de Aix-en-Provence ...

    Leia mais
    Khensani Maseko. Picture: @_khensani_/Instagram.

    Suicídio de Khensani Maseko, de 23 anos aumenta revolta contra cultura do estupro na África do Sul

    Jovem militante havia buscado ajuda da universidade; país tem um dos maiores índices de estupro do mundo no Brasil de Fato Khensani Maseko. Picture: @_khensani_/Instagram. No mesmo dia em que a África do Sul celebrou o Dia Nacional da Mulher, na terça-feira (9), o país viveu o luto do enterro da estudante de Direito Khensani Maseko, de 23 anos, que cometeu suicídio após ser estuprada no campus da Universidade de Rhodes. A morte da jovem aconteceu apenas alguns dias depois de uma mobilização nacional de mulheres contra violência de gênero, a #TotalShutdown, em um país onde o índice de feminicídio é cinco vezes maior que o índice global. De acordo com dados da polícia sul-africana, um total de 124.526 pessoas foram estupradas nos últimos três anos no país. Deste total, 41% eram crianças. Uma mulher é morta no país a cada quatro horas, muitas vezes por seus maridos ...

    Leia mais
    blank

    Vitória em Goiás, derrota em São Paulo: “resoluções” de casos de estupro

    Universidade Federal de Goiás demite professor acusado de estupro, enquanto o Tribunal de Justiça de São Paulo decide nesta quinta se mantém a absolvição do médico e ex-aluno da USP, Daniel Tarciso da Silva Cardoso, acusado pelos estupros da Medicina Por Marina Ganzarolli, do Justificando  Foto: Divulgação/UFG   Na última quinta (12) foi finalmente publicada a demissão do ex-professor Rogério Elias Rabelo da Universidade Federal de Goiás, do campus de Jataí.Em 2017, Rogério foi denunciado por estupro e assédio sexual contra três alunas. Sua demissão é o resultado de um longo caminho, percorrido com altos custos para todas as envolvidas, em especial para as sobreviventes. Não existe “final feliz” em caso de estupro, mas o mínimo de reparação que se pode esperar é que a Justiça seja feita. Depois de 14 meses de Processo Administrativo, podemos falar com muito orgulho: vitória em Goiás! São Paulo já não pode dizer o mesmo. Na ...

    Leia mais
    blank

    Spotify é pressionado para excluir faixas de Chris Brown, Eminem, 6ix9ine e mais de suas playlists

    O Spotify removerá mais artistas de suas listas de reprodução? Por Vinicius Voutsinas, do Portal Rap Mais  Scott Roth-07.jun.2015/Invision/AP, File Na semana passada, o Spotify removeu faixas deR. Kellye XXXTentacion de suas playlists populares como parte da nova política de anti-ódio da plataforma.Como postamos anteriormente, artistas que exibem comportamento “notório” ou promovem “violência contra um grupo ou indivíduo” podem ter suas musicas retiradas das playlists que tem curadoria oficial do Spotify. Desde que a notícia foi divulgada, ambas as partes tiveram sua administração respondendo peguntas sobre se outros artistas que foram apenas acusados ​​e não condenados por conduta sexual imprópria também terão suas músicas retiradas.Mais recentemente, a organização de direitos das mulheres UltraViolet escreveu uma carta aberta ao CEO doSpotify, Daniel Ek, o aplaudindo pela remoção das músicas de R. Kelly e X, mas a organização pedem que Daniel dê um passo além, indo atrás de outros artistas comoChris. Brown, Red Hot Chili Peppers,Nelly,Eminem, Don Henley, Steven Tyler e Tekashi 6ix9ine.“Obrigado por dar o primeiro passo importante para remover os infames abusadores R. Kelly e XXXTentacion de ...

    Leia mais
    Entre as meninas menores de 14 anos estupradas que se tornam mães, 58,2% sofrem a violência de maneira repetida (ARQUIVO/EBC)

    A cada dia, pelo menos 18 meninas são estupradas no Brasil

    Principal causa da gravidez precoce, o estupro está relacionado ao início tardio do pré-natal, parto prematuro e bebês com baixo peso ao nascer. Na maioria dos casos, a violência ocorre dentro de casa por Cida de Oliveira, da Rede Brasil Atual  Entre as meninas menores de 14 anos estupradas que se tornam mães, 58,2% sofrem a violência de maneira repetida (ARQUIVO/EBC) São Paulo – A subnotificação dos casos de estupro de meninas que nem completaram 12 anos mascara a real dimensão da vulnerabilidade dessas crianças e adolescentes no Brasil. No entanto, dados da Vigilância Contínua de Violência Doméstica, Sexual e outras Violências Interpessoais e Auto-provocadas e o Sistema de Informação de Agravos de Notificação (Viva/Sinan), do Ministério da Saúde, fazem uma projeção no mínimo preocupante. No ano de 2015 foram registrados 162.575 casos de violência contra a mulher. Desse total, 17.871 (10,99%) são estupros, dos quais 6.706 (37,52%) em meninas de ...

    Leia mais
    Página 1 de 6 1 2 6

    Últimas Postagens

    Artigos mais vistos (7dias)

    Instagram

    Twitter

    Facebook

    Welcome Back!

    Login to your account below

    Create New Account!

    Fill the forms bellow to register

    Retrieve your password

    Please enter your username or email address to reset your password.

    Add New Playlist