Estupros em São Paulo aumentam 16,6% em novembro

Em 11 meses, foram 1.111 casos no estado

O número de estupros, incluindo estupro de vulnerável, aumentou 16,6% no estado de São Paulo, passando de 1.088 casos em novembro do ano passado para 1.269 em novembro deste ano. As vítimas vulneráveis são aquelas que têm até 14 anos de idade ou não têm condições de consentir o ato.

Os dados foram divulgados pela Secretaria de Segurança Pública (SSP). No acumulado de janeiro a novembro, o aumento foi de 1.111 casos de estupro, crescimento de 9%, na comparação com o ano anterior. Em 2022, foram 12.228 casos, chegando a 13.339 neste ano.

Homicídios

Em novembro foram registradas 209 ocorrências de homicídio doloso. No mesmo mês do ano passado, foram 218, o que representa uma queda de 4,1%. No acumulado do ano até novembro, a queda foi de 10,9%, passando de 2.623 para 2.337 casos.

As vítimas de homicídio doloso diminuíram de 229 para 224, considerando a comparação entre os meses de novembro deste ano e do ano passado, respectivamente. No acumulado do ano, o número de vítimas caiu de 2.750 em 2022 para 2.450 este ano.

Já as tentativas de homicídio tiveram aumento de 302, em 2022, para 315 neste ano, ou seja, aumento de 4,3%.

As estatísticas criminais apontam ainda que foram 12 latrocínios – o roubo seguido de morte – em novembro deste ano, ou seja, cinco ocorrências a menos do que em novembro do ano passado, quando foram 17 casos.

De janeiro a novembro deste ano, foram 145 casos de latrocínio, número menor do que o registrado no mesmo período de 2022, quando foram registradas 152 ocorrências do crime.

Roubos

Em novembro deste ano, foram dois roubos a banco no estado e, no acumulado do ano, foram dez casos. Em novembro de 2022, não houve registros desse crime e, no acumulado, foram 16 ocorrências.

Os roubos de veículos passaram de 4.233 registros em novembro do ano passado para 3.293 em novembro deste ano, o que representa uma queda de 22,2%. O total de roubos teve queda de 12%, passando de 21.133 em 2022 para 18.592 neste ano.

+ sobre o tema

“Desejo a todas inimigas vida longa”: as funkeiras e o recalque – Por: Bárbara Araújo

Quero começar esse texto dizendo que estou bem longe...

Mulheres ganharão tanto quanto homens, mas só daqui a 136 anos

Levantamento mostra disparidade salarial entre gêneros nos EUA No O...

Repúdio ao racismo e machismo

Indignadas com o discurso do senador Demóstenes Torres (DEM-Goiás),...

para lembrar

Mundo do direito penal ainda é masculino, diz juíza Kenarik Boujikian

Alvo de representação por libertar presos que já tinham...

Por que cada vez mais mulheres têm buscado métodos anticoncepcionais sem hormônio

Além da pílula, alternativas naturais e com menos interferências...

Marido mata mulher após ameaça em perfil de rede social

No perfil atribuído ao autor do crime, foi postada...
spot_imgspot_img

Zezé Motta recebe Preta Gil, Sheron Menezzes e Aline Wirley no ‘Especial mulher negra’

Artista que acabou de completar 80 anos, Zezé Motta recebe Aline Wirley, Preta Gil e Sheron Menezzes no “Especial mulher negra”, que será exibido...

Julho das Pretas: ‘Temos ainda como horizonte sermos livres das amarras históricas’, diz ativista

No dia 25 de julho será celebrado o Dia Internacional da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha. E em alusão a data, o Julho das Pretas é realizado...

Meninas negras de até 13 anos são maiores vítimas de estupro no Brasil; crime cresceu 91,5% em 13 anos

O número de estupros no Brasil cresceu e atingiu mais um recorde. Em 2023, foram 83.988 casos registrados, um aumento de 6,5% em relação ao ano anterior....
-+=