Guest Post »

Woody Allen não encontra financiamento para seus filmes depois das acusações de abuso

Depois de ter sido acusado de abuso sexual pela filha adotiva Dylan Farrow, diretor não tem patrocinadores para financiar seus novos filmes

Por SANDRO POZZI, do El Pais 

Foto: LOIC VENANCE/AFP/GETTY IMAGES

Woody Allen não consegue encontrar o financiamento necessário para filmar novos filmes, devido à deterioração de sua reputação após acusações de abuso sexual de sua filha adotiva, Dylan Farrow. O diretor de cinema de 82 anos sempre negou essas acusações e nunca foi processado nos Estados Unidos. Mas agora ele é forçado a parar, algo que não faz desde 1981.

A filha da atriz Mia Farrow revelou, há cinco anos, em uma entrevista à Vanity Fair, que o cineasta abusou dela quando tinha sete anos de idade. Repetiu o relato por meio de uma carta publicada no The New York Times um ano depois. Mas foi só em janeiro deste ano, no programa This Morning, da CBS, que sua denúncia sua reclamação começou a ecoar com mais força.

Desde então, em meio ao terremoto em Hollywood provocado pelos abusos do produtor Harvey Weinstein, que vieram à luz há quase um ano —descobertos pelo irmão de Dylan, Roman Farrow—, a imagem de Woody Allen despencou. Atores que trabalharam com ele no passado, como Michael Caine ou Rebecca Hall, se distanciaram ou lamentaram publicamente ter trabalhado com ele, a ponto de doar o salário que recebiam para organizações dedicadas a proteger as vítimas de violência sexual.

 

Continue lendo aqui 

Artigos relacionados