sexta-feira, novembro 26, 2021
InícioQuestões de GêneroGlossário de termos do feminismo

Glossário de termos do feminismo

Com uma probabilidade de 98,5%, você já deve ter deparado com algum termo que não faz ideia do que significa em uma discussão sobre feminismo. Para te ajudar a entender melhor alguns deles, fizemos um pequeno glossário para que você possa se engajar com mais conhecimento de causa nas tretas no face. Vale ressaltar que nossa versão é ultra resumida e, por isso, encorajamos você a buscar se aprofundar nos temas a partir de textos escritos por aqueles grupos com mais propriedade para falar sobre eles, por exemplo: pessoas negras falando sobre racismo. Dividimos os termos em algumas categorias, para ficar mais fácil de ligar os pontos todos.

Por Gabriella Beira Do Revista Capitolina

Mulheres

Histórica e materialmente excluídas, sem acesso pleno a nossos direitos, sem soberania sobre nosso próprio corpo e sexualidade, ensinadas a competir umas com as outras, só tendo mesmo muita…

sororidade: união poderosa e transformadora entre mulheres, que visa romper com o estigma de rivalidade. A sororidade é importante para fortalecer a ação coletiva do movimento feminista e, dessa forma, promover também o…

img002

empoderamento: empoderamento é um processo de aquisição de ferramentas para combater nossas opressões. É quando nos tornamos mais fortes para desconstruir os papéis que nos impõem e para lutar por equidade.

img003

migas: como estamos todas juntas nisso, é preciso que cuidemos umas das outras, porque é isso o que as migas fazem.

Machismo

O machismo é o tipo de opressão que a sociedade patriarcal produz contra mulheres. Ele se expressa de diversas formas, das mais evidentes até as mais sutis.

img004

patriarcado: o patriarcado é o sistema no qual o machismo se baseia – é sob ele que se conformaram historicamente os privilégios da classe masculina em relação à classe de mulheres. Falar em patriarcado é basicamente uma abstração teórica, mas ele se torna bastante evidente quando sofremos…

img005

mansplaining: o termo, que vem do inglês, quer dizer algo como “explicação masculina”. Você logo vai se lembrar de algum exemplo de um conhecido seu, homem, tentando te explicar um assunto que você provavelmente domina mais que ele. É uma ferramenta também utilizada para o…

img008

manterrupting: do inglês “interrupção masculina”, é quando um homem constantemente interrompe uma mulher falando – geralmente pra fazer mansplaining ou…

img006

bropriating: que significa que um cara ganhou todo o crédito por expressar uma ideia que uma mulher já tinha falado há tempos, ou seja, ele se apropriou de algo que não foi originalmente pensado por ele.

img007

friendzone: o que dizer desse termo que mal conheço e já odeio pakas? A friendzoneé aquela ideia falaciosa de que se um homem é muito legal com uma mulher que ele tá a fim, sempre será visto como nada mais que um amigo e será colocado na “zona da amizade” dela. Como se uma mulher devesse algo pra algum homem só porque ele foi legal com ela.

Abuso

Os abusos que sofremos nem sempre são tão evidentes quanto a agressão física, por isso também é importante notar se você não está sendo vítima de…

img009

gaslighting: que é quando uma pessoa tenta te convencer de que você está louca, paranoica e, com isso, invalidar seus sentimentos. O gaslighting está geralmente associado ao relacionamento abusivo, sendo utilizado pelo parceiro para o controle da mulher. Outro tipo de abuso bastante sutil é o…

img010

slutshaming: quando julgamos uma mulher por ter comportamentos “de vadia”, o que quer que isso signifique. Basicamente, é quando se ojeriza uma mulher por dispor de sua sexualidade e de seu corpo livremente.

Racismo

Opressão que recai sobre pessoas não-brancas, o racismo, como todos os outros sistemas de opressão, manifesta-se de maneiras muito sutis, mas é preciso estarmos sempre atentas para evitarmos reproduzir essa violência por meio de…

img012

apropriação cultural: que é quando pessoas brancas e ocidentais, em geral, seapropriam de algum símbolo de resistência de outras culturas marginalizadas, utilizando-os como artigos da moda ou esvaziando-os do sentido original. Por exemplo, usar cocar em festivais de música é apropriação cultural, bem como usar turbante ou fazer dread como acessórios “exóticos” e “estilosos”. Isso é bastante desrespeitoso, como também é fazer…

img011

token: tokenizar é quando uma pessoa, acusada de alguma opressão, já vem com a resposta pronta “Mas eu até tenho amigos que são…”, como uma tentativa de invalidar a crítica que está recebendo.

Gênero e identidade

Quando falamos sobre identidade de gênero, apesar de ser um assunto bastante complexo, podemos ter duas ideias primordiais em mente: 1) a sociedade nos designa basicamente dois gêneros e eles correspondem ao sexo biológio com o qual nascemos: mulher e homem – o que chamamos de gêneros binários (guarde essa palavra); 2) nem todas as pessoas se sentem confortáveis com os gêneros designados ao nascer.

img013

amab/afab: não tão comuns nas internets, as siglas amab/afab são abreviações do conceito em inglês “assigned male/female at birth”, o que quer dizer exatamente o que eu falei aí em cima: designado homem/mulher ao nascer. Isso nos leva a outros termos importantes…

img014

cis: a pessoa dita cis é aquela que se identifica com o gênero a ela designado ao nascer, ou seja, uma pessoa de vagina, que, dita mulher ao nascer, se identifica com o gênero feminino. Por outro lado…

img015

trans: a pessoa trans não se identifica com o gênero a ela designado ao nascer, mas sim com outro gênero. A pessoa trans pode ser binária, que é quem se identifica com o gênero oposto ao seu sexo biológico, ou…

img016

nb: não-binária, que é a pessoa que não se identifica com o gênero imposto ao seu nascimento, mas tampouco se identifica com o gênero oposto.

Ufa, quantos termos em inglês… Fica a dica aí pra tentarmos formular os nossos próprios termos, de forma que fique mais acessível para todas nós!

 

Facebook Notice for EU! You need to login to view and post FB Comments!
RELATED ARTICLES