Graça Machel

Biografia

Graca Machel – Graça Simbene Machel (Incadine, Província de Gaza, 17 de Outubro de 1945) é uma política e ativista dos direitos humanos de Moçambique.

Foi a primeira-dama de Moçambique, desde 1976, quando casou com o presidente Samora Machel. Em 1998, casou com Nelson Mandela, o primeiro presidente negro da África do Sul.

Graça Machel formou-se como Bacharel em Filologia da Língua Alemã pela Universidade de Lisboa. Voltou a Moçambique como professora e lutou clandestinamente com a FRELIMO durante a Luta Armada de Libertação Nacional. Foi Ministra da Educação e da Cultura no primeiro governo moçambicano durante cerca de 14 anos.

Após a morte de Samora Machel, em 1986, continuou a sua atividade política no partido FRELIMO e criou uma organização sem fins lucrativos a Fundação para o Desenvolvimento da Comunidade. Em 1990 foi nomeada pelo Secretário Geral da Organização das Nações Unidas para o Estudo do Impacto dos Conflitos Armados na Infância. Como reconhecimento do seu trabalho, recebeu a “Medalha Nansen” das Nações Unidas em 1995.

Títulos Acadêmicos

Doutora em Letras pela University of Glasgow, junho de 2001;

Associada Honorária em Artes pela Seattle Central Community College, dezembro de 1999;

Doutora Honoris Causa pela University of Essex, Inglaterra, 1997;

Doutora Honoris Causa pela University of Cape Town, África do Sul, 1993;

Medalha Nansen, UNHCR (Nações Unidas), 1995;

Doutora Honoris Causa pela Universidade de Évora, Portugal, 14 de Novembro de 200.

Cargos Exercidos e Prêmios Recebidos

Ministra da Educação de Moçambique;

Presidente da Organização Nacional das Crianças de Moçambique, organização que coloca órfãos em lares de aldeias;

Trabalha em estreita cooperação com as famílias a fim de recuperar crianças;

Delegada à conferência da UNICEF no Zimbábue, em 1998;

Presidente da Comissão Nacional da UNESCO;

Atuou no comitê internacional por ocasião da Conferência Mundial da Educação para Todos, em 1990;

Nomeada pelo secretário geral das Nações Unidas para presidir um estudo sobre o impacto exercido sobre as crianças pelos conflitos armados;

Recebeu o prêmio humanitário Inter-Action em 1997;

KORA Lifetime Achievement Award, 2001;

Recebeu o prêmio CARE como resultando de uma prolongada atuação em favor das crianças;

Graça Machel é membro do Africa Progress Panel (Painel do Progresso da África), organização independente, que atua, a partir de abril de 2007, no sentido de chamar a atenção dos líderes mundiais sobre seus compromissos para com o continente africano. O Painel publicou um extenso relatório em Londres, em 16 de maio de 2008, intitulado O desenvolvimento da África: Promessas e Perspectivas Chanceler da Universidade de Cape Town;

Doutora Honoris Causa pela Universidade de Évora, Portugal, em 14 de novembro de 2008;

No dia 28 de agosto de 2007 Graça Machel tornou-se Comendadora Honorária da Ordem do Império Britânico, por solicitação do primeiro-ministro britânico Gordon Brown, recebendo o título de Dame.

Referências e links

Obtido em “http://pt.wikipedia.org/wiki/Gra%C3%A7a_Machel”
Categoria: Moçambicanos

Obtido em Wikipedia, the free encyclopedia

Pesquisa e seleção de imagens:Carlos Eugênio Marcondes de Moura

Imagens obtidas em Google Imagens

+ sobre o tema

A “estratégia do cobertor” de Mandela

Quando estava na prisão, Mandela percebeu que, se tivesse...

Morre herói da independência da Namíbia e companheiro de prisão de Mandela

Companheiros de resistência e organizações da sociedade civil rendem...

Um mês sem Marielle Franco: as sementes da ‘Cria da Maré’ já dão frutos

“Não serei interrompida e não aturarei a interrupção de...

para lembrar

Charlottesville é aqui: por que o brasileiro acha que é diferente do americano?

O Brasil é um país de exaltação escancarada da...

Crônicas no limiar do poético: Baú de miudezas, sol e chuva

Um texto só é um texto se ele oculta...

Cabelo afro: Alguns dos principais salões do mundo não cortam esses fios

A influencer britânica Freddie Harrel é conhecida nas redes por...
spot_imgspot_img

Negra Li mostra fantasia deslumbrante para desfile da Vai-Vai em SP: ‘Muita emoção’

A escola de samba Vai-Vai está de volta ao Grupo Especial para o Carnaval 2024, no Sambódromo do Anhembi, em São Paulo, neste sábado...

Livro põe mulheres no século 20 de frente com questões do século 21

Vilma Piedade não gosta de ser chamada de ativista. Professora da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro) e uma das organizadoras do livro "Nós…...

“O Itamaraty me deu uma bofetada”, diz embaixadora Isabel Heyvaert

Com 47 anos dedicados à carreira diplomática, a embaixadora Isabel Cristina de Azevedo Heyvaert não esconde a frustração. Ministra de segunda classe, ela se...
-+=