Graciela Soares se inspira na obra de Carolina Maria de Jesus para o lançamento de single inédito

Despejo é o primeiro trabalho autoral lançado pela cantora e compositora paulistana, que mostra os desafios de ser uma mulher preta, mãe e trabalhadora. Considerada uma das principais vozes da música brasileira, Graciela Soares tem em seu principal campo de pesquisa musical a exploração das possíveis sonoridades vocais junto com a experimentação rítmica.

A partir do 7 de junho, a cantora e compositora Graciela Soares apresenta nas principais plataformas de áudio o seu primeiro single autoral Despejo, confira o link do Save The Date https://onerpm.link/981596907839. Baseado em um trecho do livro Quarto de Despejo da escritora Carolina Maria de Jesus, a canção Despejo conta com a parceria musical de Marcos Soares e Henrique Braga.

Graciela Soares – Foto: Territórios Produções Culturais

Depois de muitos anos se apresentando em diversos trabalhos coletivos, entre eles o projeto Corredeiras com Pedro Barsa e o coletivo Čao Laru, a cantora paulistana mergulhou na própria história para entrar em estúdio e gravar sua primeira música autoral. “Eu me influenciei muito na história de força da Carolina Maria de Jesus, que tem muita relação com o que eu vivo no meu dia a dia e decidi me expressar através de Despejo” conta ela.

Pautada pelos ritmos da música brasileira, a obra traz relatos e desabafos de uma mulher preta, mãe e que vive os desafios de sobrevivência de seu dia a dia. “Ter onde morar, parede e teto para chamar de lar. Ter o meu lugar e dentro dele poder me encontrar. Vou desenhando um plano para sobreviver, dia após dia, noite dorme e depois outra vez”, diz um dos versos da obra.

Graciela Soares – Foto: Territórios Produções Culturais

Estudiosa da cultura africana e de sua ancestralidade, Graciela Soares e seu grupo Tihangana, formado pelos músicos Marcelo Santhu e Otis Selimane, fizeram recentemente uma pesquisa minuciosa sobre o disco “O Canto dos Escravos” (1982), de Tia Doca, Geraldo Filme e Clementina de Jesus.

Esse álbum é fruto dos saberes linguísticos e de resistência de povos negros escravizados nos séculos 17 e 18, mais especificamente na região de Minas Gerais, e foi transformado em um documentário apresentado pelo projeto Música no Quintal e os Vissungos, disponível na página do Youtube do projeto Musica no Quintal.

Graciela Soares – Foto: Territórios Produções Culturais

Sobre a artista

Graduada em música popular na Unicamp, Graciela Soares é mãe, educadora musical e cantora nos projetos: Banda Adube, Cao Laru, Projeto Corredeira, Grupo Migrantes da Marginal e Bloco Nu Vuco Vuco. A participação em diversos trabalhos artísticos caracteriza sua música com influências de diferentes estilos e estéticas. A exploração das possíveis sonoridades vocais junto com a experimentação rítmica é um dos campos da sua pesquisa musical.

Serviço

Lançamento do single Despejo, de Graciela Soares

A partir do dia 7 de junho de 2024

Nas principais plataformas de áudio: https://onerpm.link/981596907839

+ sobre o tema

Exposição “Diáspora” por Josafá Neves

No dia 25 de maio, data em que se...

“E o que Restou do Barro Silenciou a Mulher”

Soterradas há séculos pelo “barro pelo qual o homem...

Cantora de soul Sharon Jones é diagnosticada com câncer

A cantora de soul Sharon Jones está com...

para lembrar

Quatro sul-africanos brancos são indiciados por plano de ataque ao Congresso Nacional Africano

Quatro sul-africanos brancos foram indiciados pelo crime de traição,...

Tamires, filha do Sabotage, estreia no rap em um remix cheio de 808’s com seu pai

Tamires, cuja nome artistico Tamires Sabotage, 23 anos, já vinha...

Artista Plástica Yonis Malacrida participa do Projeto “Mulheres do Ler”

A artista plástica Yonis Malacrida, nascida em Queimados, na...
spot_imgspot_img

Jay-Z acompanha final da Champions em Londres e prestigia Vini Jr.

O rapper e empresário Jay-Z está em Londres neste sábado (1º/6) para acompanhar a final da Liga dos Campeões da Europa, decida por Real...

Secretaria de Igualdade Racial e DH do Pará lamenta morte da coordenadora Darlah Farias

A Secretaria de Estado de Igualdade Racial e Direitos Humanos (Seirdh) do Pará divulgou, na manhã deste domingo (02/06), uma nota de pesar pelo falecimento da coordenadora...

Nota de Pesar – Darlah Farias

É com profunda tristeza que Geledés - Instituto da Mulher Negra recebe a notícia da passagem de Darlah Farias, uma militante negra e advogada...
-+=