Hamilton elogia condenação judicial contra Piquet: “Racismo e homofobia não são aceitáveis”

Único piloto negro do esporte aprovou a decisão das autoridades brasileiras; Piquet foi condenado por falas em 2016 e 2021

Lewis Hamilton elogiou as autoridades brasileiras por aplicarem ao tricampeão de Fórmula 1 Nelson Piquet uma multa pesada por uso de linguagem racista e homofóbica em comentários sobre o piloto da Mercedes.

A 20ª Vara Cível de Brasília ordenou, na semana passada, que Piquet pague R$ 5 milhões em “danos morais” por comentários sobre Hamilton em entrevistas em 2016 e 2021.

“Ainda acredito que em geral não devemos dar plataforma às pessoas que estão cheias de ódio”, disse o britânico Hamilton a repórteres em Albert Park antes do Grande Prêmio da Austrália.

“Gostaria de cumprimentar o governo brasileiro, acho incrível o que eles fizeram ao responsabilizar alguém, mostrando às pessoas que isso não é tolerado.”

“Racismo e homofobia não são aceitáveis e não há lugar para isso em nossa sociedade”, completou.

Piquet, de 70 anos, pediu desculpas ao heptacampeão mundial Hamilton no ano passado e disse que sua fala foi mal traduzida por alguns meios de comunicação.

Hamilton, que recentemente foi nomeado cidadão brasileiro honorário, é o único piloto negro do esporte.

+ sobre o tema

STF volta a proibir a apreensão de menores sem o devido flagrante nas praias do Rio

Após audiência realizada na manhã desta quarta-feira, em Brasília, o STF determinou...

Adolescente denuncia mulher por agressão e injúria racial em Rio Preto

Um adolescente de 13 anos denunciou ter sofrido injúria...

para lembrar

STJD investiga homofobia no clássico e pode punir Corinthians e São Paulo

Corintianos e são-paulinos trocaram ofensas no mesmo durante a...

Homofobia: deixemos Deus fora disso

Eu não sei se Deus existe. Eu, particularmente, acredito...
spot_imgspot_img

STF volta a proibir a apreensão de menores sem o devido flagrante nas praias do Rio

Após audiência realizada na manhã desta quarta-feira, em Brasília, o STF determinou que o Estado do Rio de Janeiro e o município do Rio se abstenham de apreender e...

Adolescente denuncia mulher por agressão e injúria racial em Rio Preto

Um adolescente de 13 anos denunciou ter sofrido injúria racial e ter sido esganado por uma mulher após discutir com o genro dela, em São...

Protocolo negro

Quem é negro costuma cumprir um protocolo ao colocar o pé na rua. Inclui jamais sair sem um documento; não ir ao supermercado com...
-+=